Dicas de Fotografia Gastronomia

5 dicas para quem quer se dedicar à fotografia de gastronomia

Foto: Débora Gabrich

A fotografia de gastronomia tem despertado bastante interesse nas mídias sociais, sejam fotos produzidas com câmeras DSLR ou com o próprio smartphone. Neste artigo, a fotógrafa mineira Débora Gabrich apresenta 5 dicas para quem quer se dedicar à fotografia de gastronomia.

“O principal objetivo da fotografia de gastronomia é dar fome. E essa vontade de comer pode aparecer em diversos aspectos, no ângulo, nas cores, na composição, na luz. Mas sempre que for fotografar um prato, lembre-se: tem que dar vontade de comer!”

1. Iluminação é tudo

Iluminação sempre vai ser importante em qualquer tipo de foto, certo? Na fotografia de gastronomia, a luz merece uma atenção ainda mais especial. Independente do tipo de fonte de luz que você escolher usar, seja ela natural ou artificial, ela tem que ser pensada em cada detalhe. É esse cuidado com a iluminação que vai determinar todas as texturas e sabores da sua foto. Então é importante direcionar bem, tanto a luz, quanto a sombra em cada alimento, e entender que cada tipo de alimento vai pedir uma luz diferente.

Foto: Débora Gabrich

2. Produção

A composição de cena sempre vai contar uma história e é legal ter isso em mente na hora de pensar sua produção. Existem fotos maravilhosas de gastronomia que quase não tem objetos de cena e isso é incrível! Mas se sua opção for a de construir um cenário é importante pensar em cada alimento a ser fotografado, na composição de cores e de elementos. Cada prato conta uma história diferente e tem sabores diferentes, então não são todos os elementos que vão funcionar para todos eles.

Essa ambientação pode acontecer de várias formas, usando ingredientes crus, objetos de cozinha, louças e até mesmo um fundo legal. O mais importante é chamar a atenção de quem está observando a foto para o elemento principal: o prato.

3. Cuidado com o cenário

Parece óbvio, mas tenha muito cuidado com o cenário. Preste atenção se o cenário está limpo e se no seu enquadramento aparece apenas os elementos que você gostaria que aparecerem na sua cena.

Foto: Débora Gabrich

4. Ingredientes

Os ingredientes usados em cada prato devem ser muito bem cuidados. É muito importante ter atenção na escolha de cada um deles, além de deixar a foto final mais bonita, vai te poupar muito trabalho na edição!

Alguns alimentos também não podem “esperar o click perfeito”, eles murcham, mudam de cor, secam e perdem aquele brilho que desperta a vontade de comer. E isso muda muito a sua foto, acredite. Nesse caso é bom já estar com o set de iluminação e composição prontos para receber o prato!

5. Referências

Existem milhões de trabalhos lindos em todos os cantos da internet, então não tem desculpa pra não procurar referências hoje. E são essas referências que vão te ajudar na hora de construir sua foto. É muito legal ter inspirações que vão te dar repertório nessa construção!

O mais importante é não ter medo de errar, pra chegar no tipo de fotografia que você deseja você pode (e deve!) testar muito!

Foto: Débora Gabrich

Para conhecer mais sobre o trabalho de Débora, acesse seu site ou Instagram.


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!