Dicas de Fotografia

5 dicas para criar retratos românticos de casais

Foto: Lily Sawyer
Livros de fotografia

Um tipo de ensaio que tem muita procura é o ensaio de casal – não só daqueles que vão se casar, mas também de namorados e até mesmo de casais que já estão juntos há muito tempo. Para estes ensaios, é preciso saber traduzir a união entre as duas pessoas, mostrar seu lado natural, romântico, o laço entre eles.

A fotógrafa Lily Sawyer publicou algumas dicas sobre esse tipo de ensaio no Digital Photography School, que trazemos aqui adaptadas e traduzidas. Confira:

  1. O aquecimento

Os primeiros 15 a 20 minutos do ensaio são sempre de aquecimento. Hora de conversar com o casal, deixá-los a vontade. Você começa a tirar fotos explicando que este inicio é só para eles irem se acostumando com a câmera, sem pressão – diga ao casal para ficar tranquilo, pois nada precisa ficar perfeito nesse instante.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

Nesse momento, eles têm toda a permissão de se sentirem envergonhados e rirem de si mesmos. Encoraje-os a ficar a vontade, serem eles mesmos e a ajude-os a abandonar qualquer sentimento de ficar se percebendo/notando. “Digo-lhes para rirem de tudo, para não se importarem com as pessoas que passam e para ignorarem quaisquer olhares. Afinal, eles nunca mais verão essas pessoas”, conta Lily Sawyer.

  1. Busque sua fotografia desde o início

“Eu faço muitas fotos durante o aquecimento para eles se acostumarem comigo, mas já começo a buscar aquilo que quero para a fotografia – aquele olhar fugaz um para o outro, aquela expressão passageira, um sorriso caloroso e um abraço que eles se permitam dar”, explica Sawyer. São estes os momentos cruciais para se capturar. Quando eles começam a relaxar nos braços uns dos outros, após o primeiro impacto em que se sentiram inseguros e tensos.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

3. Encontre ou crie a luz perfeita

A luz romântica é uma luz poética que evoca o sentimento de carinho. Durante o amanhecer e o fim da tarde a luz é suave, por isso se possível agende seu ensaio para esses horários. Tente evitar a luz dura do meio-dia e horários próximos para não quebrar com o ambiente romântico.

Também evite uma fonte de luz que esteja diretamente na frente deles, pois isso elimina gradações de sombras e tons – justamente o que deixa a foto suave. Dê atenção à luz direcional  vinda de lado ou em um ângulo. Para conseguir isso, posicione seu casal em relação à luz, ou movimente-se para que você esteja no melhor lugar para capturar a luz.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

 

Se não houver tal luz, especialmente se a localização for bastante escura ou as luzes sobrecarregadas, tente usar o flash. Lembre-se de usar o flash que forma que ele crie uma luz que surge ao lado do casal. Evite deixar a imagem chapada, com muita luz de frente.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

A luz da janela é uma das melhores fontes de luz direcional natural disponível. No entanto, não faça o seu casal ficar face a face com janela, pois isso novamente criará muita luz em seus rostos. Em vez disso, posicione-os em um ângulo onde haja alguma luz em um lado do rosto e o outro lado sombras.

4. Considere a localização, fundo ou cenário

A localização tem muito a ver com o quão romântica uma imagem se torna. O pôr do sol, embora tenha perigo de ser clichê (especialmente fotos de silhuetas no pôr do sol) produz imagens fortes e impressionantes.

Aproveite ao máximo a localização e a época do ano. Por exemplo, que estação do ano é? Se é outono, aproveite as cores mudando das folhas, use as roupas da temporada que fazem o seu casal se sentir aquecido e acolhido – botas longas, lenços, chapéus.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

Se é inverno, vá a um café e tire fotos de seu casal compartilhando um bom chocolate quente. Se é verão, fotografe mais de manhã cedo e no final da tarde para evitar a dureza da luz do sol do meio-dia. Use adereços como guarda-sóis, flores, balões, pipas para comemorar o dia de verão.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

Se você está fotografando na primavera, procure flores; um campo de flores é sempre bonito. O objetivo é colocar seu casal em um contexto que ajude a criar a história romântica.

5. “Esconda-se” e use camadas em suas fotos

Camadas são ótimas ferramentas para imagens românticas. Elas permitem que você se esconda atrás de algo e se torne “invisível”. A grande sacada é enquadrar a foto de forma que pareça que você estava apenas passando por ali e aconteceu de clicar “escondido” aquela linda foto do casal apaixonado.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

Você não precisa se esconder todas as vezes. Basta pegar algo (por exemplo uma folha), colocar na frente de sua lente e fingir que a câmera está espreitando através de uma lacuna. Criar camadas fica simples dessa forma. Um pedaço de tecido, celofane envolto em torno da lente, um prisma pendurado na frente da lente… As possibilidades são infinitas.

6. Encoraje o contato entre o casal

O mais incrível das fotografias românticas é quando você passa a sensação da intimidade, da privacidade total – não há ninguém lá além do casal. Em situações de retrato normal, é aconselhada uma conexão entre fotógrafo e modelo. O contato visual com a câmera é ótimo para isso. Ele atrai o modelo e convida-o a ter uma conversa com a imagem. No entanto, para retratos românticos, o contrário é sugerido: evitar o contato visual entre fotógrafo e casal, deixar que este contato aconteça mais entre o casal.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

É um momento particular e especial. O objetivo é capturar a cena de forma verdadeira e real. Deve haver uma forte ligação entre o casal, quer se esteja olhando diretamente nos olhos, mãos tocando, ou sussurrando no ouvido um do outro, mas absolutamente nenhum contato com mais ninguém.

7. Escreva uma história com as imagens

Uma imagem que não conta nenhuma história não tem alma. Com o número ilimitado de fotos que você pode fazer com uma câmera digital, você consegue escrever praticamente um romance. Vá para uma sessão com uma história em mente – um início, um meio e um fim.

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

Qual seria sua cena de abertura em um romance? É o seu casal andando de mãos dadas, tomando um café, sussurrando no ouvido ou lendo um livro? O que acontece no meio da história? Eles estão fazendo compras em um mercado, admirando alguns lugares, fazendo uma atividade que ambos amam?

Como a história termina? Eles vão andando para longe de você em um túnel? Ou eles sentam e relaxam, colocando os pés para cima em um banco depois de um longo dia? Eles se beijam? Ou eles têm um final dramático como uma silhueta no pôr do sol, ou olhando para o horizonte com o sol se pondo ou a lua nascendo?

Foto: Lily Sawyer
Foto: Lily Sawyer

Cada casal tem sua própria história única. Quando você encontrá-los, você terá uma noção de suas personalidades, seus gostos e também do que não gostam. Aproveite os detalhes da personalidade de cada um.

Sobre o autor

Ruca Souza

Ruca Souza é jornalista, redatora publicitária e fez parte do iPhoto Channel de 2015 à 2018. Ela também tem uma banda: www.instagram.com/rucasouza

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário