Dicas de Fotografia Retrato

3 formas de iluminar retratos com luz natural

ISO 400, f / 4.5, 1/200 | Foto: Karen Quist

A fotografia de retrato nem sempre é feita dentro de um estúdio. Muitas vezes você irá ao encontro do cliente, por isso é bem provável que você não tenha controle da iluminação – não como em um estúdio, com flashs e softbox. Mas é possível, mesmo com a luz natural disponível, fazer belos retratos. Basta o uso dos equipamentos certos.

Fotos: Karen Kist
Fotos: Karen Quist

A fotógrafa Karen Quist listou 3 formas que utiliza para criar retratos com luz natural para o Digital Photography School. Ela utilizou acessórios básicos como tecido branco ou cortina, rebatedor e prendedores para segurar o tecido/cortina. Para retrato ela prefere usar uma lente 85mm f/1.8, mas explica que também funciona se você usar entre 50mm e 100mm. Confira as dicas:

  1. Iluminação lateral e um refletor

“Esta é a configuração de luz natural que mais uso. Iluminação lateral cria contornos e molda o rosto, o que fica bonito para a maioria das pessoas. Se o modelo é do sexo masculino, ou se você deseja criar um retrato com mais sombras, você pode tentar mover o refletor mais para longe do seu modelo ou removê-lo por completo. Isto cria mais contraste, aumentando sombra sobre um lado da face.

Foto: Karen Kist
Foto: Karen Quist

Seu modelo pode sentar, levantar, ou mesmo deitar no chão se a janela é baixa. Como posicionar o rosto e corpo do seu modelo é com você. Para recriar a aparência abaixo, o rosto do seu modelo precisa estar em um ângulo de 90° em relação à fonte de luz principal (a janela). O corpo virado 45° de você. A porta atrás da minha modelo está aberta e o quarto escurecido cria um fundo neutro para minimizar elementos de distração. Posicione o refletor no lado escuro do rosto para refletir a luz e preencher as sombras.

Esquerda (sem refletor): ISO 320, f /4, 1/200. Direita (com refletor): ISO 320, f / 4, 1/320 | Fotos: Karen Kist
Esquerda (sem refletor): ISO 320, f /4, 1/200. Direita (com refletor): ISO 320, f / 4, 1/320 | Fotos: Karen Quist

Nas fotos abaixo, a imagem à esquerda foi feita sem um refletor. A da direita foi feita com um refletor. O efeito neste exemplo é sutil porque a luz nesta sala já está um pouco equilibrada por pequenas janelas no alto da parede oposta à da janela principal. Na foto à direita, você pode ver como o refletor ilumina o rosto e preenche as sombras, particularmente a sombra sob o olho esquerdo da modelo. Ele também traz mais detalhes e destaques em seu cabelo e melhora a separação do fundo”

  1. Fotografar com luz de fundo

“Eu amo esta técnica para fotografar mulheres e meninas. Ela cria uma iluminação suave, não-direcional no rosto, por isso fica bom para toda faixa etária. E a iluminação cria um brilho lindo em todo o cabelo. Como fazer: usando a mesma configuração janela como antes, mas a sua modelo se senta ou fica de costas para a janela.

Posicione o refletor na frente dela, refletindo a luz de volta em seu rosto. O fotometro vai tentar ler a luz que vem da janela e vai subexpor o rosto da sua modelo. Para obter a exposição correta meça a luz no rosto da modelo. Lembrando que para obter a exposição correta no rosto você vai perder detalhes no fundo: mas essa é a ideia!

ISO 320, f / 4, 1/160 | Foto: Karen Kist
ISO 320, f / 4, 1/160 | Foto: Karen Quist

A foto abaixo é de uma instrutora de ioga que se levanta na frente de uma janela, no chão do seu estúdio. A luz de fundo passa através de seu cabelo, e os tons quentes do piso de madeira refletem sobre sua pele para lhe dar um tom dourado. A técnica de iluminação é idêntica à foto anterior. Mas nessa foto permiti que a cortina e janela ficassem visíveis por achar que acrescentariam algo à cena”

ISO 500, f / 5, 1/80 | Foto: Karen Kist
ISO 500, f / 5, 1/80 | Foto: Karen Quist

 

  1. Fotografar com luz de frente

“Para este set-up, a cortina permanece no lugar. Sua modelo em frente à janela e você posiciona-se entre a modelo e a janela. Se você estiver fazendo uma foto mais ampla que o exemplo abaixo, pode rebater a luz na parte traseira do cabelo da modelo com um refletor. A iluminação frontal elimina praticamente todas as sombras no rosto. Ela traz à tona detalhes e cores nos olhos, e pode criar uma foto impressionante com o tema certo.

ISO 400, f / 4.5, 1/200 | Foto: Karen Kist
ISO 400, f / 4.5, 1/200 | Foto: Karen Quist

No entanto, esta técnica não é para todos. Ele pode dar ao rosto uma aparência plana, bidimensional, e se a fonte de luz é muito forte, o modelo vai apertar os olhos. Esta iluminação tende a realçar todas as imperfeições, o que é bom se o modelo for jovem e bonito. Mas pode ficar ruim para um modelo mais velho ou alguém com manchas na pele”

ISO 250, f / 3.5, 1/125 | Foto: Karen Kist
ISO 250, f / 3.5, 1/125 | Foto: Karen Quist

Assine nossa newsletter e fique informado :)

Ruca Souza

Ruca Souza

2 comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!