Dicas de Fotografia Instagram

10 dicas de Instagram para fotógrafos

congresso de fotografia

O Instagram é hoje a maior rede social baseada em fotografia do mundo. Não é apenas voltada para fotógrafos como outras, mas seu conteúdo principal é a imagem. Por isso, fotógrafos que usam bem esta rede social têm muito a ganhar.

“O Instagram pode ser útil para atingir um público mais amplo. Ele pode beneficiá-lo de maneiras que você pode não ter pensado antes”, diz o fotógrafo Samuel Zeller.

Zeller listou 10 dicas para que os fotógrafos melhorem a presença no Instagram, explicando detalhes exclusivos desta rede e contando alguns truques. Confira:

  1. Não é o seu portfólio

“Se você pensa em usar o Instagram como uma forma de mostrar o seu trabalho mais recente, usá-lo como um diário pode ser muito útil. Não lembro quantas vezes precisei mostrar a alguém uma foto recente que eu ainda não tinha no meu portfólio, mas estava no Instagram.

Você pode postar imagens que normalmente não coloca em seu portfólio, e também está livre em termos de conteúdo: não há necessidade de mostrar séries, etc.

iphoto-10-dicas-para-fotografos-no-instagram-2

Você pode até mesmo usar como seu cartão de visita. Já tive que dar a uma pessoa o meu nome de usuário no Instagram (@zellersamuel), e funciona bem. Desta forma, a pessoa pode verificar rapidamente o meu feed e me seguir.

É também uma maneira de mostrar imagens de um jeito menos formal, mais brincalhão. As pessoas estão frequentemente interessadas em fotos de bastidores, ou coisas simples que elas não encontrariam no site do fotógrafo. Aproveite isso”

  1. Mantenha sua bio limpa e arrumada

“Seu nome de usuário e bio são a primeira coisa que os visitantes verão quando entrarem em seu perfil. Eles são importantes e devem ser criados com cuidado. Duas coisas são muitas vezes esquecidas: e-mail e localização. Ao indicar seu e-mail, você mostra a outras pessoas que podem entrar em contato (para trabalho ou colaborações) e a localização os ajuda a ver onde é sua base de trabalho.

Há apenas duas coisas que são referenciadas pelo Instagram no seu perfil, o nome de usuário e o nome da sua conta. Quando você faz uma pesquisa, ele só procurará o conteúdo nesses dois campos (bem como para hashtags)”

  1. Use as hashtags da forma certa

“Hashtags podem ter tanto bom quando ruim efeito no alcance e engajamento. Usando-as incorretamente você vai acabar recebendo mais comentários de spam e likes de robôs ao invés de seres humanos reais.

Em primeiro lugar, não se preocupe em usar palavras comuns como #photographer, #photography ou #sunset ( ou #fotografo, #fotografia, #pordosol) porque elas estão sobrecarregadas com milhões de imagens (centenas a cada segundo) e suas fotos não “viverão” o suficiente na página principal das hashtag para que outros usuários as vejam.

iphoto-10-dicas-para-fotografos-no-instagram-5

Uma boa hashtag é pesquisada frequentemente, mas não usada demais. Um bom exemplo é #justelimage, que é uma tag específica para a fotografia minimalista. Ou #fujifeed, uma etiqueta para usuários de câmera Fujifilm.

Eu não recomendaria o uso de uma hashtag que tem mais de 250.000 fotos e vídeos associados, a menos que seja uma hashtag muito específica preenchida com imagens de primeira linha.

Palavras comuns como #happiness e #love são propensas a spam. Robôs criados por empresas para propaganda existem exclusivamente para dar auto-Like e comentar nas tags populares. Não escreva sua descrição com hashtags em cada duas palavras. Não faça isso: “Este é minha #fotografia de #pordosol que fiz na #Suíça”. Faz você se parecer com um adolescente e não é legível. Coloque suas hashtags no final do seu post e tente limitar-se a 15 delas – 30 é o limite, mas fica uma grande bagunça”

(Nota: você pode usar o site Display Purposes para gerar hashtags)

  1. Permaneça consistente

“Tenha em mente que quando você construir uma audiência, a maioria dela vai esperar que você se mantenha postando o mesmo tipo de imagens. Por exemplo, eu posto principalmente arquitetura e fotografia editorial – é o que meus seguidores esperam. Quando eu posto um retrato, tenho menos engajamento – não porque é um mau retrato, mas porque meu corpo de seguidores é em sua maior parte da fotografia de arquitetura.

Você não deve restringir-se em postar imagens apenas de um gênero, mas tente ser coerente em suas postagens. Isso irá garantir que suas imagens sempre atinjam o número ideal de pessoas.

iphoto-10-dicas-para-fotografos-no-instagram-1

As pessoas que chegam ao seu perfil irão segui-lo por causa das imagens que veem. Se seus 9 últimos post são uma mistura confusa entre os gêneros, então as pessoas serão menos propensas a clicar no botão de seguir.

Pense em sua conta do Instagram como uma loja física: há a vitrine que apresenta uma seleção de artigos e lá dentro você encontrará os itens mais excêntricos. É a vitrine o que faz alguém decidir se entra ou continua a andar na rua. Isso também se aplica ao seu portfólio e seu blog.

  1. Quadrado ou não quadrado?

Há uma grande diferença entre publicar imagens quadradas ou horizontais/verticais versus usar uma borda branca. Ambos têm prós e contras.

– Imagens quadradas

Elas são as que mais se encaixam, portanto as pessoas estão mais acostumadas a elas. Mas, em relação à psicologia, não parecem como fotografias clássicas. Estamos muito acostumados a ver imagens retangulares em revistas e galerias para reconhecer que um quadrado também pode ser um trabalho de fotógrafo.

Pro: Sua imagem é a mesma entre a miniatura e a visão maior.

Contra: Força você na proporção de 1:1.

– Imagens verticais

Elas parecem muito boas e ocupam mais espaço na tela do usuário, mas para alguns fotógrafos é um pouco mais difícil compor com elas. Além disso, elas têm um formato/tamanho no Instagram ligeiramente diferente do que os arquivos que saem de sua câmera (o que significa que vai ser ligeiramente cortada).

Pro: É linda, grande e cheia de detalhes (a resolução é a mais alta).

Contra: Você não controla como Instagram escolhe a miniatura.

– Imagens horizontais

Percebida de forma diferente da cultura quadrada por causa da pintura e do filme. Nossos olhos são usados para associar esta relação de formato à fotografia clássica, o que é uma coisa boa se o seu objetivo é mostrar o seu trabalho de forma tradicional. Elas são um pouco menores do que as quadradas e imagens verticais.

Contra: Você não pode controlar como Instagram escolhe a versão em miniatura.

– Imagens com uma borda branca

São talvez o indicador o mais forte às pessoas que entram em seu perfil de que você é um fotógrafo (amador ou profissional) e não apenas alguém postando fotinhos. Como um artista, você compreende a importância do formato de uma imagem, assim como a necessidade do espaço vazio em torno dela. Ao enquadrá-la com branco você mostrar claramente para as pessoas que sua imagem é destinada a ser vista assim, você controla esse processo de visualização.

Pro: Ela vai fazer você parecer mais profissional. Você não tem que fazer o visualizador clicar em uma miniatura para ver a versão não cortada.

Contra: Você tem menos chances de ser republicado em outras revistas ou grupos do Instagram apenas por causa dessa borda branca (a maioria deles postam apenas quadrados ou imagens verticais / horizontais)”

  1. Timming é fundamental

“Você deve publicar imagens regularmente, a fim de ser mais eficaz: encontrar um padrão e mantê-lo. Eu tentei fazer upload de imagens todos os dias, e a cada três dias e eu ainda tinha o mesmo nível de engajamento.

Mas assim que você quebrar esse padrão suas estatísticas só vão cair. Esqueceu de postar por alguns dias? Sua imagem seguinte terá um impacto mais fraco.

iphoto-10-dicas-para-fotografos-no-instagram-4

As pessoas se acostumam a ver conteúdo no seu feed em horários regulares. Quando publico regularmente, mas não demasiadas vezes – por exemplo, uma imagem a cada três dias – as minhas imagens obtêm maior alcance global, porque ficam no topo do meu perfil por um período de tempo mais longo”

  1. Seja educado e responda

“É provavelmente o aspecto mais demorado, mas também o mais importante. Porque quando alguém que segue (ou não) o seu trabalho deixa um comentário é uma boa etiqueta responder, ele provavelmente irá conduzir esse usuário ao seu perfil pela segunda vez e segui-lo ou simplesmente apreciar o fato de que você considera seus seguidores e fãs como seres humanos e não apenas como números.

É muitas vezes uma boa maneira de entrar em contato com potenciais clientes de forma menos formal. Entrei em contato com uma agência em Berlim assim. Hoje em dia eu aposto que você terá mais chances de ser notado deixando um comentário no Instagram ao invés de enviar a uma empresa um e-mail.

Não tenha medo de usar emojis, de acordo com muitos estudos aumenta a sua chance de que seu comentário notado entre outros”

  1. Use essa visibilidade

“Vivemos em um mundo móvel, você tem um milhão de vezes mais chances de que algum editor de fotografia entre em sua conta Instagram ao invés de chegar em seu portfólio.

A razão simples é que na maior parte do tempo navegamos na Internet a partir dos dispositivos que sempre temos conosco, nossos telefones ou tablets. O Instagram é usado por uma tonelada de curadores, empresas, marcas e agências à procura de talentos. Seus clientes passados e futuros trambém usam o Instagram.

Quanto mais você crescer nesta rede, mais ofertas de trabalho que você pode receber. Como um influenciador, você pode ter uma chance de se conectar com marcas maiores que você não poderia abordar de outra forma”

  1. Mantenha as coisas simples

”O tempo de atenção das pessoas é mais curto do que nunca, especialmente nesta rede social – e eles não lerão uma descrição longa. A média de atenção humana caiu de 12 segundos no ano 2000 para oito segundos hoje em dia.

Mas não é uma desculpa para não escrever nada sob suas imagens. Eu fico um pouco chateado quando um fotógrafo post uma foto de um prédio muito bonito sem indicar a localização (usando a ferramenta de localização) ou sem mencionar o nome do lugar ou o arquiteto. As pessoas também estão interessadas no contexto”

iphoto-10-dicas-para-fotografos-no-instagram

  1. Divirta-se

“Isso não substituirá seu portfólio ou site tradicional. Mantenha a calma e compartilhe quando quiser compartilhar, publique as imagens que deseja publicar.

Você pode ignorar a maioria dessas dicas e ainda se sairr bem. Se você agir muito profissionalmente, as pessoas acabarão por se cansar do seu conteúdo.

O Instagram é uma bela comunidade onde eu conheci um monte de amigos da vida real e tenho toneladas de memórias muito boas. É um lugar onde eu posso obter feedback real e que me faz querer criar novas imagens a cada dia.

Fonte: Digital Rev

Sobre o autor

Ruca Souza

7 comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • OI SOU O FOTÓGRAFO HÓFEL. INTERESSANTE ESSA MATÉRIA. EU SIGO A RIGOR ALGUMS DELAS. COMO ORGANIZAÇÃO EM PRIMEIRO PLANO E ISSO INCLUI O FATO DE MANTER UM MENU LIMPO, E SEMPRE USANDO AS MESMAS TAGS, MAS É CLARO QUANTO MAIS ORGANIZADO MAIS ISSO GASTA TEMPO PARA MANTER UM INSTAGRAM BEM COMPLETO. TENHO ALGUNS INSTAGRANS QUE EU ADMINISTRO NA QUAL EU USO OS MESMOS PADRÕES @FOTOGRAFOHOFEL @HOFEL @CLIKMOBILE @KROCHEECROCHE

  • Muito útil! Estou seguindo várias das dicas e o resultado está bem satisfatório. Meu perfil lá é @photogustavoalves Quem puder dar uma olhada e me ajudar a melhorar ficarei muito agradecido!! Grande abraço

  • Usei o ok google “estratégias fotógrafos instagram” e cai no seu post que me ajudou muito.

    Estava com dúvidas sobre como ter mais visibilidade pq passo a maior parte do tempo tirando fotos. Principalmente nas hashtag.

    Uns me diziam q qnto maior o uso, melhor mas acredito q qnto maior o mar mais facilmente se dilui.

    Parabéns pelo post, muito bem escrito e objetivo.

    Valeu!

error: Content is protected !!