Tendência

Descoberta histórica! Fotos de 1840 mostram um retrato feito nos primeiros meses da fotografia

daguerreótipo é considerado o primeiro processo fotográfico viável na história da fotografia. Ele foi criado em 1939 pelo inventor francês Louis-Jacques-Mandé Daguerre. No final daquele ano, Daguerre disponibilizou para o mundo como funcionava o seu processo para criar uma imagem. Nos meses seguintes se viu uma corrida em vários países para produzir as primeiras fotografias comerciais. E recentemente foram descobertos, em um galpão em Long Island, nos Estados Unidos, alguns dos primeiros retratos fotográficos feitos nos primórdios da fotografia, em 1840. A série com 22 daguerreótipos é um tesouro fotográfico histórico.

Apesar do processo ter sido revelado por Daguerre a poucos meses, o americano Henry Fitz Jr (1808-1863), um fabricante de telescópios e estudioso de ótica na cidade de Nova York, junto com os sócios Alexander Wolcott e John Johnson, conseguiu fazer os primeiros retratos fotográficos com sucesso da história da fotografia. Os resultados foram tão bons que Henry Fitz Jr montou um estúdio fotográfico na cidade de Baltimore em junho de 1840, também considerado um dos primeiros estúdios da história da fotografia.

daguerreótipo henry fitz jr - fotos de 1840 - história da fotografia
O retrato em daguerreótipo de Henry Fitz Jr foi tirado em algum momento de janeiro de 1840 e é um dos primeiros feitos com sucesso na história da fotografia.

Os 22 daguerreótipos descobertos mostram retratos do próprio Henry Fitz Jr e sua família, que serviram como modelos para tentar produzir os primeiros os retratos fotográficos com o novo processo criado por Daguerre. Obviamente, Henry Fitz Jr e seus sócios fizeram centenas de imagens, mas apenas 22 sobreviveram ao longo do tempo. Veja abaixo alguns dos retratos feitos por Henry Fitz Jr de sua família.

daguerreótipo henry fitz jr - fotos de 1840 - história da fotografia
daguerreótipo henry fitz jr - fotos de 1840 - história da fotografia

Os daguerreótipos de Henry Fitz Jr são as evidências históricas dos primeiros meses de desenvolvimento da fotografia e, ainda mais importante, da busca pela realização dos primeiros retratos nas Américas e no mundo. Esta foi uma época de experimentação, quando homens eruditos usaram seus conhecimentos de química, física, luz e óptica para desenvolver uma tecnologia que mudaria o mundo. 

Dos 22 daguerreótipos, um em especial, é considerado o mais valioso do ponto de vista histórico. Segundo a família, a imagem é um autorretrato feito por Henry Fitz Jr, que aparece numa pose de perfil. “O retrato de Fitz é uma janela para o início de uma tecnologia que mudaria para sempre o mundo e como nos vemos nele. Imagine um mundo sem capacidade de capturar um retrato fotográfico”, disse Wes Cowan, vice-presidente da Hindman Auctions.

A coleção, que é uma oportunidade extraordinária para os estudiosos compreenderem os primeiros meses do desenvolvimento da fotografia, será leiloada no próximo dia 15 de novembro de 2021 pelo site de leilões Hindman.

Ajude o iPhoto Channel

Se gostou desse post compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais (Instagram, Facebook e WhatsApp). Há quase 10 anos produzimos diariamente 3 a 4 artigos para você ficar bem informado de forma gratuita. Nunca cobramos qualquer tipo de assinatura. Nossa única fonte de receita são os anúncios do Google Ads, que são exibidos automaticamente ao longo das matérias. É com esses recursos que pagamos nossos jornalistas e custos com servidores, etc. Se puder, nos ajudar compartilhando sempre os conteúdos, agradecemos imensamente. Os links para compartilhamento estão no começo e fim deste post.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *