Colunistas Nu e Sensual Patricia Prado

Como expor a sensualidade da sua modelo

congresso de fotografia

Muitas perguntas me foram feitas depois do curso de ensaio sensual que ministrei no finalzinho de agosto na EduK. Percebi, a partir disso, que a maior dificuldade que o pessoal encontra é com relação à direção de modelo: o que fazer com ela? Como estimular e extrair sensualidade da modelo? Aproveito para dar algumas dicas sobre isso aqui nesta coluna.

iPhoto Channel_Colunista_Patricia Prado_Photolounge (5)

Primeiro, temos que lidar com o nervosismo. O nosso e o da modelo, pois muitas vezes se trata de uma situação nova para ambos.

Quando sabemos qual caminho vamos tomar, tudo fica muito mais fácil. Assim, determine passos e metas. Você é o profissional e precisa passar muita confiança. Tenha certeza do que vai fazer, lembre-se da importância de um bom briefing, mantenha uma comunicação clara, pergunte tudo o que precisa saber a respeito do que ela gosta ou não nela mesma, se a intenção do ensaio é presentear alguém, o que esse parceiro mais gosta etc. Assim, você já vai buscar um repertório de imagens para ter de referência para clicar. Através dessas imagens, podemos perceber se ela tem intenção de um ensaio com nudez, picante, ou apenas imagens que sugerem, mas não mostram.

Lembre-se de pedir referências de imagens para sua cliente. Muitas vezes, elas têm dificuldade de explicar o estilo que pretendem e, ao mesmo tempo, quando você coloca sua cliente para colaborar, trazendo referências de fotos, você a está estimulando a iniciar um processo de sedução.

Lembre-se que o dia do ensaio tem que ser um dia mágico. Toda a equipe deve estar em sintonia: cabelo, maquiagem e produção ajudam muito a elevar a autoestima. Ou o contrário –costumo dizer que um maquiador ajuda ou derruba o fotógrafo, por isso escolha sua equipe com critério. Conheça bem os profissionais que irão auxiliar você.

iPhoto Channel_Colunista_Patricia Prado_Photolounge (1) combo

Sua modelo depositou muitas expectativas em cima dessas fotos, e muitas vezes nem sabemos o real motivo que a levou até nós. Algumas mulheres se abrem mais, falam de seus desejos, outras são extremamente contidas e escondem suas emoções. Precisamos ter feeling e saber ler nas entrelinhas…

Como falei no início, você precisa passar confiança à cliente. Então, diga o quanto é normal se sentir nervosa no início da sessão e que, aos poucos, ela irá relaxar. Mostre fotos legais que você fez. Isso a ajuda a ir se soltando.

Fazer sua modelo atuar ao invés de posar é muito melhor. Crie situações. Através das brincadeiras e situações criadas, conseguimos gerar espontaneidade. Procuro sempre dar a elas algo para interagir. Assim, fica mais fácil posar as mãos. Muitas vezes levo iogurte, uma revista, um iPad, um telefone, e vou dirigindo a situação, sempre atenta aos ângulos e ao que eu busco com aquela situação. Temos que ter um repertório de imagens: veja muitos filmes, fotos, revistas – isso ajuda muito no processo criativo.

Em nenhuma das fotos mostradas aqui eu posei a modelo. Estimulei alguma ação e, assim, elas conseguem se reconhecer nas fotos e tudo fica natural. Observo a postura, o melhor lado e me mantenho constantemente em movimento, sempre elogiando e mostrando alguns cliques, criando uma atmosfera excitante que faz a modelo se soltar cada vez mais e confiar no resultado do ensaio.

iPhoto Channel_Colunista_Patricia Prado_Photolounge (4) combo

Outra questão que me perguntam muito é se deixamos ou não a modelo beber. No máximo, duas taças, eu recomendo. Costumo levar duas mini Chandon ou um vinho branco e ofereço a bebida bem geladinha só mesmo para relaxar ou compor alguma cena. Mais do que isso e o olhar da modelo pode cair um pouco, a postura ficar ruim. Por isso, cuidado.

A sensualidade está na atitude, no gestual, no olhar. Ser bem-resolvida com o próprio corpo é fundamental: sorrir, se sentir feliz, se sentir sexy. Isso ficará evidente nas fotos.

Costumo me colocar na posição de voyeur quando percebo que ela tem dificuldades para olhar a lente, embora pegar um olhar tímido às vezes seja é bem atraente.

Observe movimentos de cabelo, a ação de despir uma meia, tudo enriquece sua cena e evita que a foto pareça posada, estática e forçada.

Clique muito. Se precisar repetir, faça, mas sempre buscando aquilo que deseja. Dedique-se inteiramente àquele momento, coloque sentimento. Já pensou no privilégio você tem de contar uma história, de expor desejos e sensações através de suas imagens? É simplesmente demais!

banner-estudio-evolution12

Sobre o autor

Patricia Prado

Fotógrafa carioca, PATRICIA PRADO tem por especialidade a fotografia sensual. Ela trabalha com mulheres comuns que desejam se ver em produções e poses sensuais. Advogada por formação, cursou direção de fotografia na Academia Internacional de Cinema, foi sócia do projeto Imagens e Aventuras e da agência MPfocus. Fotografa para o site Paparazzo, é responsável pela Photolounge, uma agência que é referência na produção de ensaios sensuais no Rio de Janeiro, e faz parte da equipe de professores da Escola de fotografia Imagens e Aventuras.
Acesse o site.

2 comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Vi no programa Fatima Bernardes,uma atriz que fez redução de estômago e que vc a convidou a fazer ensaio sensual lhe proporcioNando um book. Eu tbm gostaria de fazer como faço.















error: Content is protected !!