Cinema

Este vídeo foi filmado com uma lente 2.000mm

Quanto uma lente telefoto pode dar a ilusão de compressão de planos? A resposta está no vídeo abaixo. Ele foi feito com uma lente de 2 mil milímetros. Trata-se de uma cena do filme O Espião que Sabia Demais (também chamado de “A Toupeira”) lançado em 2011, no qual que Hoyte van Hoytema foi o diretor de fotografia.

A lente de 2.000mm, por estar muito perto do sujeito, mas este sujeito estar muito longe da cena, dá a impressão de achatar o primeiro e o segundo plano, de forma a criar uma ilusão de ótica (graças à menor profundidade de campo, ou seja, o fundo fica muito mais desfocado com uma lente longa, e por isso temos impressão de o sujeito do primeiro planos está muito longe do fundo) e um suspense na cena.  O avião pousa muitos metros de distância dos personagens, mas graças a esse efeito de compressão parece que logo irá atropelar os dois homens que conversam calmamente.

“Criar tensão e momentos dramáticos em um filme pode ser feito de muitas maneiras diferentes. A escolha da lente e a cinematografia são as ferramentas utilizadas neste exemplo específico”, diz o site Vashi Visuals. Não se sabe exatamente de qual marca é a lente que foi usada no filme, mas abaixo você pode ver um exemplo de lente 2.000m f/11 Nikkor. Esta pesa cerca de 17 quilos e custa US$ 32 mil.

iphotochannel-lente-2000mm

banner-poses-perfeitas


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Ruca Souza

Ruca Souza

1 comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Há um bom tempo já existe uma versão nacional do plano básico para fotógrafos, que custa R$ 22 ao mês. A não ser que a Adobe já tenha subido o valor…

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!