Casamento Cobertura de festa Colunistas Fabiana Maruno

Casamento: fotojornalismo ou poses?

Noiva serve o macaron na boca de um convidado: tradição francesa

Aqui na Europa, principalmente na França, tradição é algo muito valorizado. Pequenos rituais que se repetem de geração em geração são indispensáveis. Não seria diferente em um momento tão especial e único como o casamento, que nada mais é que um ritual e uma tradição ao mesmo tempo.

Quando fotografei um casamento aqui, descobri que haviam fotos consideradas tradicionais. A famosa foto de todos os convidados na saída do civil é indispensável, e nada de bolo de casamento – eles fazem pièce montée, de macaron (comida típica francesa). Ah!, os noivos servem os convidados dando o macaron na boca deles – o máximo, né? Outra foto importante é a do rótulo do champanhe com os nomes dos noivos.

Foto do rótulo do champanhe com o nome dos noivos não pode faltar

No início, eu pensava em fazer o casamentos 100% fotojornalismo, pois como disse em outro artigo, o casamento acontece por si. Assim, seguir os noivos e ter um segundo fotógrafo atento aos convidados seria o suficiente.

Hoje eu penso diferente. Antes de tudo, falo com os noivos antes e na hora, para saber quem são as estrelas dessa festa. É claro que no topo estão os noivos, pais, avós, mas também pode ter um amigo querido, aquele cara tímido que apresentou o casal, mas que não faz nada de extraordinário durante a festa.

Envolvido com a cobertura fotojornalística, é grande o risco de o fotógrafo não registrar todo mundo que foi no casamento, ou esquecer pessoas importantes mas não tão evidentes. Assim, a tal foto francesa do grupo tem seu sentido, não é? No Brasil, com suas grandes festas, acho que o pessoal vai achar estranho, uma foto assim de grupo, mas fazemos algumas fotos posadas com todo mundo que é realmente importante na vida dos noivos.

Assim, acho que o legal é fazer os dois estilos, fotojornalismo e fotos posadas, e garantir que tudo seja registrado, e ter fotos incríveis sem esquecer ninguém.

 

 

 

FABIANA MARUNO cursou 3 anos de publicidade e propaganda na PUC-PR, onde teve seu primeiro contato com a fotografia, e é formada em administração pela UFPR. Atualmente ela é fotógrafa do Conexão Paris e correspondente do Photo Channel. Apaixonada por Paris, transformou essa paixão em fotografia e, através dela, eterniza os momentos mágicos vividos nessa cidade incrível.

.

Sobre o autor

Fabiana Maruno

FABIANA MARUNO cursou 3 anos de publicidade e propaganda na PUC-PR, onde teve seu primeiro contato com a fotografia, e é formada em administração pela UFPR. Atualmente ela é fotógrafa do Conexão Paris e correspondente do Photo Channel. Apaixonada por Paris, transformou essa paixão em fotografia e, através dela, eterniza os momentos mágicos vividos nessa cidade incrível.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário