Astrofotografia

NASA apresenta o novo retrato de Júpiter

Livros de fotografia

Os mistérios do universo talvez sejam uma das coisas que o homem nunca irá cansar de explorar, e a cada novidade há uma comunidade muito animada para ficar por dentro dos acontecimentos. Agora foi a vez de Júpiter, que ganhou um novo retrato para compor os álbuns fotográficos. A imagem faz parte do Legado de Atmosferas de Planetas Externos (OPAL), e trata-se de uma atualização anual dos planetas em nosso sistema solar.

A captura foi realizada pelo Telescópio Espacial Hubble e mostra esse gigante gasoso, com sua paleta de cor impressionante e as grande mancha vermelha. A foto foi realizada em 27 de julho de 2019, mas a NASA publicou apenas esse mês, e mostra Júpiter a 400 milhões de quilômetros da Terra.

A NASA fez uma descrição da fotografia: “Entre as características mais impressionantes da imagem estão as cores ricas das nuvens que se movem em direção à Grande Mancha Vermelha, uma tempestade que rola no sentido anti-horário entre duas faixas de nuvens. Essas duas bandas de nuvens, acima e abaixo da Grande Mancha Vermelha, estão se movendo em direções opostas. A faixa vermelha acima e à direita (nordeste) da Grande mancha vermelha contém nuvens se movendo para oeste e ao redor do norte da tempestade gigante. As nuvens brancas à esquerda (sudoeste) da tempestade estão se movendo para o leste, ao sul do local.”

As bandas comentadas acima são separadas por ventos que podem chegar a 644 quilômetro por hora. A Grande Mancha Vermelha trata-se de uma estrutura que na camada superior de neblina estende-se por mais de 5 quilômetros, diferente das nuvens em outras áreas.

Fonte: NASA

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário