Artigo Ensaios com gestantes Fotografia de bebês

“Vai demorar?” Como lidar com a ansiedade do cliente

congresso de fotografia

Quem trabalha com fotografia e sempre está enviando orçamentos já deve ter se acostumado com esta pergunta: “Quanto tempo demora?” Muitas vezes, o cliente (ou futuro cliente) está, de fato, mais interessado no tempo em que levará para ter as fotos em mãos que qualquer outro detalhe. Por isso, pergunto a você: qual é o prazo para entrega do seu trabalho final?

iPhoto Channel_Thais Bronislawski_Artigo (1)

Acredito que essa seja uma pergunta bastante subjetiva, afinal, tudo dependerá do material a ser entregue: se você imprime seus álbuns com pedidos via internet, se tem uma gráfica que o faça em sua cidade, dentre outros fatores. Quando o contrato é fechado com a impressão das fotos em álbum, acho mais do que válido explicar para o cliente o tempo de produção e entrega do material – afinal, apesar de o fotógrafo ter conhecimento dos prazos, nem sempre o cliente tem ideia desses detalhes.

Já ouvi muita reclamação de clientes que, por exemplo, realizam acompanhamento mensal do bebê e recebem as fotos somente no outro mês ou até mesmo dois, três meses depois. Concordo perfeitamente que a fotografia serve para registrar um momento e que servirá para recordá-lo mesmo após muitos anos depois daquela data. No entanto, quando alguém procura um fotógrafo, está em busca de registrar aquele momento por ele ser especial, e a ansiedade pelo resultado é enorme. Vivemos em um universo do aqui-agora e nem todo mundo sabe esperar.

iPhoto Channel_Thais Bronislawski_Artigo (2)O que fazer, então? Acho errado dizer que o tempo está diretamente relacionado com a qualidade do serviço prestado. Eu costumo fazer uma média de quantas sessões gostaria de realizar em um mês (além de eventos que, no meu caso, são somente aniversários infantis), considerando o valor que julgo necessário para minha sobrevivência e lazer. Dessa forma, estipulo o tempo da sessão e o tempo da edição, que também faz parte do trabalho, certo? Não acho que seja necessário realizar mais sessões do que você dá conta; no final, são fotos e mais fotos acumuladas e clientes correndo atrás de você querendo ver as fotos.

Em meu contrato, independente do tipo de sessão, já está especificado meu prazo máximo, levando em consideração que imprevistos podem ocorrer na vida de qualquer pessoa. Acredito que seja muito importante que fique claro para o seu cliente que a entrega do material pode levar alguns dias, e surpreendê-lo entregando antes do prazo é sempre um ponto positivo.

O que me faz atrasar na entrega do material? Como em meus pacotes o photobook é totalmente opcional, geralmente meus clientes optam pela mídia digital, e o principal fator determinante da entrega é a escolha do cliente. Trabalho com sistema de provas virtuais, geralmente disponibilizo a foto no dia da sessão, ou, no máximo, dois dias depois. As fotos estão todas pré-editadas e assim que recebo a confirmação da seleção, minha edição é minuciosa (e isso não tem sido fator de atraso para mim). Após a edição, meu cliente é avisado e suas fotos entregues conforme combinado.

Não acho que seja uma regra que todo fotógrafo poste um “preview” no dia da sessão, nem que entregue todo o trabalho na mesma semana das fotos. Acho que o gostinho da espera também é bom; mas não deixe que a pessoa se canse de esperar! Envie, se não todas, ao menos algumas fotos do ensaio enquanto a emoção ainda está à flor da pele.

banner-estudio-evolution

Sobre o autor

Thais Bronislawski

Fotógrafa especializada em gestante, newborn e bebês. Formada em psicologia, apaixonada pela infância e pelas descobertas feitas pelos bebês a cada mês que passa, Thais Bronislawski trabalha há mais de 3 anos com fotografia infantil. Vive em Guarapuava (PR)

1 comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!