Artigo

Por que fotógrafos devem fazer arte?

congresso de fotografia

A arte é uma forma de auto-expressão – mas qual é o valor da auto-expressão? Por que se expressar? Em seu blog, o fotógrafo Eric Kim discorre sobre expressão e as razões para fazer arte.

Razões individuais para fazer arte

Razões pelas quais devemos fazer arte:

  1. Sensação de poder aprimorado, motivação na vida;
  2. Detectar e observar mais beleza ao nosso redor, em nossas vidas cotidianas – o que nos faz sentir mais gratidão por estarmos vivos;
  3. Entalhe: Quando estamos na zona ou fluxo de arte, perdemos o sentido do tempo, e desaparecemos totalmente em nossa obra de arte. Esse estado de arrebatamento é algo viciante. É a droga final e o estado elevado de consciência;
  4. Estado de alegria, sabendo que estamos criando obras de arte que podem ajudar outros seres humanos, e avançar todo o campo da obra de arte.

Razões sociais para fazer arte

Eric reforça a ideia de que os benefícios da criação da arte se estendem para além de nós mesmos – a obra de arte que criamos pode beneficiar outras pessoas, a sociedade e outros indivíduos, como:

  1. Novas ideias que podemos compartilhar com os outros. A esperança de que os outros levem essas ideias, extraiam essas ideias e melhorem 100 vezes o que descobrimos ou iniciamos;
  2. Reconhecemos que a sociedade, o coletivo e a raça humana como um todo são mais importantes que nós, o indivíduo, porque no final morreremos, enquanto a humanidade continuará a prosperar por milhares e milhares de anos;
  3. É nosso dever: Harmonia na tomada e na doação. Como indivíduos, fomos ajudados por outras pessoas. Nós colhemos muito do empoderamento que os outros nos deram. Agora também é nosso dever devolver.

Assim, em suma, o benefício de fazer arte é duplo:

  1. Auto-capacitação;
  2. Poder da sociedade.

Expressão

Expressar literalmente significa (ex + press) – empurrar para fora. Assim, expressar-se literalmente significa empurrar algo para fora de si mesmo. Eric define da seguinte forma:

“Se você não se expressar, é como [ter] uma constipação criativa.”

Como todos sabemos, parte de uma digestão saudável consiste em ‘expressar’ os produtos residuais de nosso sistema – ou então não podemos funcionar como seres humanos.

Nietzsche tem uma ideia de que, como filósofos-artistas, somos como abelhas que estão ficando sobrecarregadas com o néctar e o mel dentro de nós, ou como uma vaca que está cheia de leite – tetas prestes a explodir, que precisamos expulsar, ou expressar nossa força criativa com os outros.

Porque o que você tem dentro de si é valioso. Como valorizamos o mel e o leite, também valorizamos sua arte, pensamentos e ideias. Expresse-se porque suas criações internas são valiosas.

Razões pragmáticas para a auto-expressão

Além disso, praticamente falando:

  1. Quanto mais você compartilhar seu valor, mais rico, influente, poderoso e respeitado você se tornará;
  2. Quanto mais você compartilhar seu valor, mais direção e propósito você sentirá em sua vida;
  3. Quanto mais você compartilhar o seu valor, mais você construirá as partes positivas do seu ego, sua autoconfiança e orgulho.

Em suma, compartilhando sua arte e expressando a si mesmo, todos ganham.

Sobre o autor

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário















error: Content is protected !!