Artigo

O que as propagandas de câmeras estão realmente vendendo

Livro de fotografia

Em certo momento na história da humanidade ter uma câmera em casa era algo extremamente desejável. Um estudo apontado por Susan Sontag no livro ‘Sobre Fotografia’ mostra que era mais comum famílias com crianças em casa possuírem câmeras, porque registrar momentos importantes da vida ou até mesmo cotidianas faziam parte de um processo documental. Não que hoje esses rituais tenham se extinguido, mas encontrar um álbum de família hoje é bem mais raro.

Propaganda da Olympus-Pen F

Para instigar ainda mais essa vontade de ter a própria câmera em casa as propagandas de fotografia que circulavam nas revistas e jornais traziam chamadas que representavam a necessidade da época, assim como hoje somos bombardeados com a máxima de “todo ano a promessa da melhor câmera do mundo”. A mais leve, a mais prática, com maior ISO ou lentes mais nítidas, com super foco, pra mais longe ou macro-fotografia. O mercado está o tempo todo trabalhando para suprir as necessidades, lucrar e gerar novas necessidades.

Propagada Canon AE-1 “Vencedores escolhem vencedores”

As câmeras automáticas surgiram porque nem todo mundo entendia de configurações e revelar um rolo de filme esperando boas fotos e receber todas escuras e queimadas era frustrante. Para Susan Sontag as câmeras automáticas eram um demonstrativo de que não é preciso saber fotografar para ser um fotógrafo. Fato que persiste até hoje.

Propaganda Yashica Electro 35 “Você precisou de 12 fotos para chegar a essa imagem. Com Yashica apenas uma”

Uma propaganda da Konic Auto-S2 diz em sua chamada “Essa câmera profissional tem alguns recursos amadores. Como o preço e automação” e o texto a seguir explica que a câmera é profissional mas você não precisa ser para manuseá-la e tirar fotos como um “Você diz: sorria! E a câmera faz todo o resto”. A desvalorização do fotógrafo também acontece por parte das próprias empresas que vendem seus instrumentos de trabalho. Quando uma câmera é vendida com a intenção de entregar lindas fotografias apenas apertando um botão, ela minimiza  a capacidade do profissional.

Propaganda Konica Auto-S2

Hoje as propagandas de câmeras apelam para seus aparatos tecnológicos. Já que a indústria em constante evolução precisa entregar algo novo e futurístico em cada edição. Mas quantas vezes, você fotógrafo, já não escutou que era mais barato comprar uma câmera do que contratar o seu serviço? Afinal, a noção de que fotografia é apenas apertar um botão, não mudou tanto assim.

“Uma câmera para quem nunca teve câmera” Agfa Isoflash-Rapid C
Zephyr 35mm “A nova câmera americana com preço para você”
Propaganda Kodak “Kodak te dá quatro cores personalizadas para trabalhar e brincar”

Sobre o autor

Eliza Doré

Eliza Doré

Jornalista do iPhoto Channel é formada pela Univali em Comunicação social com ênfase em jornalismo e pós-graduada em Gestão Cultural, estudou fotografia documental em Buenos Aires.

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário