Artigo

Existem 6 ‘Tipos’ de fotógrafo: Qual é você?

Foto: Annie Leibovitz
Livro de fotografia

O fotógrafo Michael Rubin fez uma curiosa definição dos 6 tipos de fotógrafos que existem. Ele escreveu o seguinte texto para o site Neomodern, que repostamos abaixo:

“Sentado com um grupo de fotógrafos, ocorreu-me que, embora todos nós nos chamemos de “fotógrafos”, muito do que nos importa, a maneira como fotografamos, o âmago do que gostamos em tirar fotos , é distinto, diferente.

Embora possamos encontrar um ponto em comum ao apreciar as imagens um do outro, isso me faz pensar nos fundamentos de ser um fotógrafo. As distinções entre nós são frequentemente descritas sobre assuntos (notícias, natureza-morta, nus, selfies, natureza, etc.), estilo (preto e branco, abstrato, panoramas) ou tecnologia (formato grande, Leica, plástico), câmera, filme de 35 mm); mas estou começando a achar que tem algo a ver com a atividade em si:

Do que eu gosto em tirar fotos?

Que habilidades eu preciso ou quais diretrizes eu defino para mim?

Então, nesse sentido, proponho que haja seis ‘tipos’ de fotógrafo:

1. O Caçador / Coletor

A diversão é encontrar momentos e capturar coisas em tempo real, compondo quadros dinamicamente, sendo um observador sincero do mundo. Às vezes, são engraçados, curiosos ou visualmente cativantes. Não há “olhe aqui” ou “sorria”. Quase não há pós-produção. Freqüentemente um fotógrafo de rua. Uma espécie de purista. Muito trabalho monocromático.

Exemplos : Henri Cartier-Bresson, Andre Kertesz, Elliott Erwitt, fotojornalistas da Magnum.

Foto: Elliott Erwitt

2. O Diretor

Fotografias de estúdio normalmente, mas também em locação. O fotógrafo controla o assunto, controla a luz. O fotógrafo é um diretor, às vezes de uma equipe. Um artesão que trabalha para tornar a moldura perfeita. O fotógrafo está disposto a corrigir os menores problemas da imagem. Isso costuma ser o domínio de profissionais pagos, fotógrafos de produtos, moda e publicidade, mas também de artistas plásticos e criadores extravagantes.

Exemplos : Annie Leibovitz, Irving Penn, Karsh, Nigel Barker.

Foto: Ana Brandt

3. O esportista

Esse fotógrafo é uma espécie de caçador / coletor, mas o trabalho exige um investimento significativamente maior de tempo, e essa distinção é importante. Como fotografar animais selvagens, esportes ou um evento com qualidade? É preciso paciência, que é ocasionalmente recompensada. Eles sabem como esperar a coisa rara e rara acontecer na frente da câmera. O que exige planejamento… como um assalto. Este é um fotógrafo de vida selvagem, mas também pode ser um fotógrafo de esportes ou fotojornalista.

Exemplos : Frans Lanting, Neil Leifer.

Foto: Frans Lanting

4. O ilustrador

As imagens capturadas são um ponto de partida, a matéria-prima da criação. Através da pós-produção criativa, mais elementos são adicionados, ajustados, cortados e modificados. As imagens são uma forma de arte fotográfica, não qualquer tipo de instantâneo. A quantidade de pós-produção variará, mas as imagens não devem ser jornalísticas, e sim “criações”. Os pixels são manipulados. Múltiplas exposições.

Exemplos : Jerry Uelsmann, Maggie Taylor, Russell Brown

Foto: Jerry Uelsmann

5. O Explorador

Uma espécie de caçador para assuntos que não se mexem. Uma espécie de esportista, mas perseguindo assuntos leves e não dinâmicos. Paisagens, arquitetura, naturezas-mortas em graus variados. O fotógrafo tem tempo para descobrir as coisas, encontrar o ângulo certo, configurar a exposição. Os assuntos não podem ser ou não serão controlados.

Exemplos : Eugene Atget, Berenice Abbott, Ansel Adams.

Foto: Ansel Adams

6. O Anarquista

Um atirador de snapshots, que captura imagens desordenadas do mundo, pelas janelas, enquanto caminha, muitas vezes sem composição ou, pelo menos, formalmente composto. Frequentemente com ângulos holandeses, assuntos embaçados e iluminação severa.

Exemplos : Garry Winogrand

Foto: Alessandro Galantucci

A questão é: um grupo de fotógrafos pode ter ótimas fotos de um jacaré, mas um caçador / coletor tirou algumas fotos enquanto caminhava à beira de um lago; e um esportista soube que havia jacarés no lago e acampou a semana toda para pegar aquele jacaré no momento perfeito cercado por outros animais enquanto o sol se punha. Um ilustrador conseguiu uma imagem decente de um jacaré em uma caminhada, mas depois passou horas adicionando pássaros, tartarugas e pôr do sol para apimentar a imagem. O diretor contratou um tratador de jacarés para fazer o animal abrir a boca e teve três assistentes com refletores para garantir que parecesse incrível.

Mesmo com o mesmo tipo de câmera e um tipo de assunto semelhante, nenhum desses fotógrafos aborda uma imagem da mesma maneira, nem tem o mesmo tipo de treinamento, experiência ou interesse pela foto, e, ouso dizer, teria relativamente pouco a ensinar um ao outro.

Fiquei imaginando por um momento se a maioria dos fotógrafos geralmente era uma mistura desses atributos, mas na maioria dos casos uma pessoa se interessa por fotografia e adora a atividade por algum aspecto que se encaixa em sua personalidade. O caçador é acidental, o diretor não; o esportista tem uma paciência enorme, o anarquista não; e assim por diante.

Enfim, essa é a minha observação. Qual dos 6 tipos de fotógrafos você é?”