Armazenamento de dados

Armazenamento na nuvem falha e Canon perde fotos dos clientes

2020 parece ser realmente uma grande nuvem negra. E a Canon que o diga. Nas últimas semanas a empresa teve problemas de superaquecimento com seus novos modelos, sofreu um ataque cibernético e agora perdeu as fotos e vídeos de clientes no seu serviço na nuvem, o Image.Canon. Se você nunca ouviu falar no Image.Canon, ele é um serviço na nuvem criado pela Canon para facilitar o fluxo de imagens. A ideia era boa e simples. Basta conectar sua câmera Canon compatível com Wi-Fi ao serviço Image.Canon que ele faria um backup instantaneamente de todas as imagens e vídeos no formato e qualidade originais para um servidor de armazenamento nas nuvens. Legal, né!

Foto de cottonbro no Pexels


Sim, a ideia era aumentar a segurança dos dados já no momento da captura das fotos. Inclusive, a Canon colocou o serviço para fazer a transferência automática em suas novas câmeras mirrorless, a EOS R5 e R6. Porém, no dia 04 de agosto, a empresa emitiu um comunicado dizendo que suspendeu o serviço temporariamente para fazer correções e que imagens e vídeos “guardados no armazenamento a longo prazo de 10 GB antes de 16 de junho de 2020, 9:00 horas (JST) foram perdidos“. Hoje, 18 de agosto, a Canon divulgou um novo comunicado informando que “se as imagens perdidas eram iguais ou inferiores a 2048 pixels no lado maior e estavam no formato JPEG, então, as mesmas foram restauradas”.

Comunicado oficial do Image.Canon sobre a perda de fotos e vídeos


Na realidade essas fotos com 2048 ou menos são miniaturas geradas e salvas automaticamente pelo Image.Canon no momento da transferência. A Canon conseguiu restaurar essas miniaturas e está disponibilizando para os clientes. Já para as fotos perdidas maiores que 2048 pixels no lado maior, a empresa disse: “Estamos investigando uma forma para melhorar a qualidade das imagens das miniaturas das imagens superiores a 2048 pixels… Infelizmente, não existe nenhuma medida técnica para recuperar ficheiros RAW e ficheiros de vídeo”.

A empresa não divulgou quantas fotos e vídeos foram perdidos, nem a quantidade de fotógrafos afetados pelo problema. Porém, a perda de dados dos clientes desacredita a Canon como um provedor de serviços e fará os fotógrafos pensarem duas vezes antes de usarem o Image.Canon ou outro serviço nas nuvens para armazenamento. E você, usa serviço nas nuvens para armazenar suas fotos? Se sente seguro em fazer isso? Deixe seu comentário e experiência.

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

Adicionar um comentário

Clique aqui para postar um comentário