8 dicas para ter um negócio de fotografia

Qual o melhor conselho para alguém que está começando no mercado e deseja investir pesado na fotografia? Talvez não exista apenas um, mas vários conselhos. Aqui estão 8 dicas interessantes da fotógrafa Missy Mwac, publicadas originalmente no site DIY Photography, para quem quer abrir (e ter sucesso em) um negócio de fotografia.

  1. Você é apenas um de muitos

As pessoas vão perguntar o que você faz para viver. Quando você responder”Eu sou fotógrafo”, 9 em cada 10 pessoas vão dizer: “Ah! Eu sou fotógrafo também”. Ou então vão responder dizendo que uma das seguintes pessoas que eles conhecem também é fotógrafo: marido, esposa, filho, filha, irmão, irmã, primo, sobrinho, sobrinha, vizinho, colega de trabalho, carteiro, médico, carpinteiro, parteira, farmacêutico, avó, etc.

“Poxa, o meu ex cunhado também é fotógrafo!”. Então prepare-se. Isso vai acontecer. Muito. A única coisa que resta para você é ter paciência. Apenas sorria e finja que se importa.

freeimages
freeimages
  1. Se você está fazendo DINHEIRO, NÃO É UM HOBBY

Um negócio legitimo precisa ser legitimado. Ou seja, exigirá pedir e receber toda a documentação necessária para se conduzir um negócio: alvará de funcionamento, CNPJ, nota fiscal, pagamento de impostos estaduais e locais, registrar o nome de seu negócio, etc… Se você aceitar dinheiro para os seus serviços, é preciso que isso esteja registrado.

  1. Ser seu próprio patrão é uma bênção e uma maldição

Quando você é seu próprio patrão, ninguém vai mandar você fazer qualquer coisa. Isto é tão bom quanto ruim. Quando você possui seu próprio negócio, você é o chefe. Isso significa que se você não fizer algo acontecer, nada acontecerá. Você vai ter que se esforçar para ser organizado e motivado. Parece fácil? Não é. Você tem que aprender a ser pró ativo ao invés de reativo.

freeimages
freeimages
  1. VOCÊ DEVE VENDER

Não importa quão grande fotógrafo você é, se você não consegue vender seu trabalho, você não vai ganhar dinheiro. Isso não quer dizer que você não deva se esforçar para realizar o trabalho de qualidade que deseja – artístico ou não. Aliás, é muito mais fácil vender uma bela obra do que tentar vender o trabalho que precisa ser explicado.

A capacidade de vender sua fotografia para os clientes é fundamental para seu sucesso financeiro. E não diga que você não pode ou não consegue vender. Se você estiver com uma criança mal-humorada e convence-la a comer legumes, você vendeu. Se você persuadir seu cônjuge a comprar um novo móvel para a sala de estar, você vendeu. Se você conversou com um cliente e mostrou conhecimento bem embasado, e então eles decidiram marcar um horário, você vendeu.

banner_lightroom

 

  1. A m**** vai bater no ventilador

Em seu negócio, haverá coisas que vão dar tão espetacularmente errado; situações para as quais de nenhuma maneira você poderia se preparar. E porque irão ocorrer situações inesperadas, você precisará começar seu negócio o mais preparado possível. O única coisa que resta é enfrentar com coragem o que estiver pela frente.

freeimages
freeimages
  1. VODKA

Isso não deveria precisar de qualquer explicação.

  1. Chegarão dias em que você não vai gostar de ser um fotógrafo

Isso vai acontecer. Haverá dias em que você não sentirá entusiasmo pelo que faz. Zero. Nada. Haverá dias em que você vai estar mais animado sobre um novo episódio de “The Walking Dead” do que para fazer uma nova sessão fotográfica. Haverá dias em que você vai suspirar. Muito.

Sim, haverá dias como estes. E sabe o que mais? Está tudo bem. Isso não faz de você uma pessoa má ou um fotógrafo ruim. Isso faz de você humano. Isso não significa que você deva jogar a toalha ou se desaguar em uma poça de lágrimas, declarando ao mundo “Eu não posso fazer isso”. Na verdade, você conseguirá superar isso. Lembre-se que isso acontece com todo mundo, uma hora ou outra.

freeimages
freeimages
  1. NÃO ACREDITE NO FACEBOOK

Você está trabalhando duro. Você está lutando todos os dias. Você se sente muito bem sobre si mesmo e, em seguida… Você abre o Facebook. E você é atingido com um soco no estomago pelas histórias de sucesso dos fotógrafos. Elas estão por toda parte. Sua timeline está cheia delas. Histórias de felicidade absoluta em que cada venda é enorme, calendários lotados com 3 meses de antecedência, workshops em todos os lugares.

Então você olha para si mesmo, sentado com suas calças de ioga, sentindo-se como se você estivesse indo mal. E você se sente derrotado. Desencorajado. Pronto para jogar a toalha. Você vê uma foto que recebe 4K de curtidas, e você quer saber o que está fazendo errado.

E aqui está o que você está fazendo de errado: o mais errado nisso é estar acreditando em tudo o que se diz e se mostra no Facebook. Sabe por quê? Porque qualquer um pode ser qualquer coisa no Facebook. Lembre-se disso.

Portanto, aproveite os vídeos de gatinhos, as fotos legais, os gráficos bem-humorados e as histórias reconfortantes. Torça para que seus amigos se deem bem no que fazem. Mas quando se tratar de avaliar a sua vida baseada na dos outros no Facebook, cuidado. O único lugar onde um negócio é perfeito é num status do Facebook.

Agora, pegue sua câmera e vá fotografar.

banner_fineart

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *