Dicas de Fotografia

7 exercícios para melhorar a sua fotografia

Como usar o flash fora da câmera?
Foto: Matheus Bertelli / Pexels

Segundo, um artigo do site Amo Foto Livro não há mistério para melhorar suas fotografia. Eles compartilharam 7 exercícios que você pode incluir na sua rotina — e que com certeza trarão bons resultados. Confira!

1. Conheça seus pontos fracos

É muito difícil melhorar aquilo que você não conhece. Por isso, o primeiro exercício proposto é de reflexão. Analise as fotos que você tira e pense no que pode melhorar e nas principais dificuldades que você apresenta. Se a maioria das suas fotografias fica torta e você sempre tem que editá-las, pode ser necessário melhorar o enquadramento da linha do horizonte, por exemplo. Ou ainda pode ser que as suas fotos não pareçam muito “emocionantes”, o que pode revelar um problema de composição, indicando que talvez você precise “afiar” o seu olhar. Definindo os seus pontos fracos fica mais fácil pensar em exercícios que lhe ajudem a modificar essas questões e tornar seus cliques mais precisos.

Como usar o flash fora da câmera?
Foto: Matheus Bertelli / Pexels

2. Defina um limite máximo de fotos

Com a câmera digital podemos fotografar o quanto quisermos. Mas isso pode fazer com que você se torne um fotógrafo pouco crítico com o seu trabalho. Na antiga era dos filmes, cada fotógrafo tinha 24 ou 36 chances de acertar — e como os filmes e a revelação eram caras, o bom era “economizar” os cliques e acertar logo de primeira. Isso fazia com que os fotógrafos das câmeras analógicas pensassem mais antes de bater a foto, enquadrando melhor e escolhendo uma composição mais harmônica.

Restringir o limite máximo de fotos pode ajudar você a apurar o seu olhar. Você pode estipular, por exemplo, um máximo de 10 fotos. E se caso passar desse limite, excluir algumas fotos para substituir pelas novas. Para deixar o exercício ainda mais desafiador tente tematizar suas imagens, por exemplo, retratos de pessoas, de uma paisagem, em macro, em panorama e assim por diante.

Foto: Keenan Constance / Pexels

3. Desafie-se

Nenhuma pessoa consegue melhorar se apenas se mantém na sua zona de conforto. Com a fotografia é mesma coisa. Você não se tornará um fotógrafo melhor se não começar a se desafiar e a tentar fazer fotos mais difíceis. Por exemplo, se a fotografia noturna é algo desafiante para você, que tal começar a praticá-la mais? É possível ampliar esse espectro, fotografando em dias nublados, ao meio-dia, em locais com pouca iluminação, capturando o movimento e assim por diante.

As condições pouco favoráveis fazem com que você passe a ter uma visão mais criativa da fotografia, buscando outros recursos para “driblar” as dificuldades e, claro, melhorando os seus resultados, fazendo com que você descubra habilidades que nem sequer sabia que tinha.

4. Brinque com o balanço de branco

Nem todo mundo dá a devida importância ao balanço de branco, o que infelizmente pode resultar em fotos com cores pouco agradáveis. A ideia com esse exercício é modificar a sua relação com a ferramenta. Embora o balanço de branco automático consiga “quebrar um galho” em várias situações, usá-lo em todas as suas fotos pode fazer com que o resultado seja pasteurizado e que você perca muitas possibilidades de personalizar o seu trabalho. Comece a fotografar no modo manual e vá explorando as potencialidades do seu equipamento, conhecendo-o melhor e, claro, dando ainda mais personalidade as suas fotografias.

5. Publique o seu trabalho

Se você quer melhorar, deixe que outras pessoas julguem o seu trabalho. Mas não vá com muita sede ao pote. O ideal é começar postando apenas 1 foto por dia — isso fará com que você tenha uma capacidade maior de analisar o clique mais incrível da sua sessão. Essa prática também aumenta as chances de a sua imagem ser visualizada. Afinal, ninguém tem tempo ou paciência para ver o seu álbum incrível com mais de 500 fotos das suas férias.

6. Fotografe todos os dias

Como dissemos no início deste conteúdo, a prática leva a perfeição. Mas não dá para praticar apenas quando você viaja de férias ou quando tem um evento especial para participar. A fotografia é o retrato do nosso cotidiano e por isso pode ser feita sobre praticamente qualquer cena, como o seu cão brincando, um zoom de uma flor, a chuva na janela e assim por diante.

Fotografar todos os dias também treinará o seu olhar para buscar imagens que sejam usuais e corriqueiras mas que possam ser transformadas com um bom enquadramento ou composição. Quanto mais você fotografar, mais fácil esse exercício ficará e será difícil deixar a câmera de lado por alguns dias. Além disso, você terá mais familiaridade com o seu equipamento e com diversos tipos de luz e de enquadramento, fazendo com que as fotos daquela viagem incrível fiquem muito melhores.

Foto: Pexels

7. Cuidado com a edição

A edição de imagens é sempre importante, mas é preciso cuidado com o quanto de intervenções você está fazendo. Se você acaba manipulando totalmente a maior parte das suas fotografias, é sinal que existem muitos pontos que ainda precisam ser melhorados. Uma boa pós-produção é aquela que faz apenas pequenos ajustes pontuais, melhorando o contraste, o enquadramento ou outras questões pequenas. Passar horas modificando suas imagens pode significar que você precisa ter mais cuidado na hora de fazer os cliques.

Um ótimo treino para quem manipula demais as suas imagens é tentar não fazer nenhuma pós-produção antes de postar suas fotos. Embora em um primeiro momento isso possa parecer aterrorizante, fará com que você tome mais cuidado na hora de fotografar, melhorando o resultado final. Por exemplo, se a luz não está como você deseja, ao invés de modificá-la no editor de imagens, sente e espere até que ela fique ideal e só então bata a foto.

E, então, com essas dicas de fotografia você já está mais inspirado para sair por aí fazendo os seus cliques? Se você gostou deste conteúdo, compartilhe o nosso post com seus amigos em suas redes sociais!