Dicas de Fotografia

5 maneiras de impulsionar sua fotografia

Os fotógrafos foram afetados em cheio com a pandemia. Quem estava com a agenda lotada no início de 2020 viu seus eventos serem cancelados e transferidos assim que a OMS decretou a pandemia em março de 2020. De lá para cá, muitos fotógrafos acabaram deixando a profissão e voltando a trabalhar com carteira assinada ou mudaram para outras profissões. E quem sobreviveu a esse período dramático de mais de um ano de pandemia é porque buscou soluções e se reinventou dentro da profissão, como o fotógrafo de casamento Rik Pennington, que compartilhou num artigo ideias e ações que tomou para vencer a agenda vazia. Disse ele:

Foto: Rik Pennington

“No início de 2020, eu tinha um diário cheio de casamentos marcados para o próximo ano e além. Em meados de abril, a maioria deles havia sido cancelada ou adiada devido ao agravamento da pandemia. De repente, fui confrontado com a perspectiva de não ter trabalho e de uma agenda muito vazia. É uma história familiar e para todos os fotógrafos de casamento no mundo inteiro.

1. Atuar em outras áreas da fotografia

Depois de aceitar o impacto que isso teria em meus negócios, decidi transformar a situação em algo positivo e comecei a pensar nos tipos de fotografia que ainda poderia oferecer durante a pandemia. Bons fotógrafos de casamento são altamente qualificados em vários campos da fotografia, que podem ser facilmente transferidos para o mundo comercial. Durante um dia típico de casamento, um fotógrafo de casamento pode fotografar reportagens documentais, retratos de casais e famílias, detalhes do casamento, flores, comida, interiores e exteriores. Percebi que havia vários tipos de fotografia que eu ainda poderia fazer, mesmo que não houvesse casamento.

2. A fotografia de família

Foto: Rik Pennington

Talvez o próximo passo mais óbvio para um fotógrafo de casamento seja a fotografia de família. Estamos muito familiarizados com a interação com pais e filhos no dia do casamento e, dependendo do estilo do fotógrafo, isso pode funcionar bem para fotos em família. 

Abordo uma sessão fotográfica de família no mesmo estilo documental de casamentos, com o objetivo de capturar momentos e as relações entre as pessoas que criam fotos empáticas que serão apreciadas. Embora as fotos em família não fossem possíveis em confinamento, uma vez que as restrições diminuíram, pude oferecer as fotos do lado de fora. É fácil distanciar-se e os clientes e o fotógrafo se sentem seguros.

3. A fotografia de headshots

Foto: Rik Pennington

A próxima etapa para impulsionar meu negócio de fotografia foi tirar fotos de negócios. Como fotógrafo de casamento, estou acostumado a fotografar retratos de noivos e, com um pequeno ajuste aqui e ali, o salto para a fotografia headshot não é enorme. O Youtube é seu amigo para estudar técnicas de iluminação de estúdio ou apenas usar luz natural pode ser muito eficaz. Os princípios de iluminação e composição são os mesmos, independentemente do método que você usar. 

Ao longo do último ano, descobri que as fotos de cabeça (headshot) eram muito procuradas por muitos candidatos a emprego e empresas que buscavam renovar sua marca. Entre os bloqueios, os headshots do estúdio eram populares, mas uma vez que se tornaram impossíveis devido às restrições do governo, ainda era possível fazer headshots socialmente distantes e com luz natural do lado de fora.

4. A fotografia de comida

Foto: Rik Pennington

Já faz um tempo que me interesso por fotografia de comida e trabalhei em algumas técnicas enquanto fotografava casamentos. Filmei um casamento para um noivo que é chef e grande parte da comemoração para ele foi a comida, que ele queria que fosse documentada. Eu dei acesso a todas as áreas da cozinha e esse foi o início do meu amor pela fotografia de alimentos. Mas ao invés de me concentrar apenas na comida, resolvi promover um serviço completo de fotografia para restaurantes e cafés, fotografando a comida, as pessoas e o meio ambiente. Desta forma, fotografo uma variedade de assuntos e isso provou ser popular entre os negócios locais.

5. A fotografia de arquitetura, interiores e exteriores

Foto: Rik Pennington

Finalmente, também tive a oportunidade de fotografar interiores e exteriores ao longo do ano passado. Nos casamentos, sempre tiro alguns minutos para tirar algumas fotos do cenário, seja um detalhe do local, uma natureza morta de flores ou uma paisagem ambiental. Antes de fotografar casamentos, eu fazia muita fotografia de jardins e naturezas mortas e estava feliz por poder reacender essa paixão com várias encomendas de um designer de jardins local.

Foto: Rik Pennington

Essas fotos representam minha jornada da fotografia de casamento para o mundo comercial e como consegui impulsionar meu negócio enquanto os casamentos não estavam ocorrendo. Assim que as restrições começarem a diminuir, mal posso esperar para voltar a fotografar casamentos, mas agora tenho outros tipos de fotografia para oferecer no futuro. A diversificação neste mundo incerto só pode ser uma coisa boa.