Fotografia de bebês Fotografia newborn

15 dicas de segurança para fotografar bebês recém-nascidos

Foto: Robin Long

* Texto e dicas extraídas do livro best-seller em todo o mundo “Fotografia Newborn”, da fotógrafa americana Robin Long e traduzido no Brasil pela iPhoto Editora.

Ser fotógrafo de recém-nascidos é um dos melhores trabalhos do mundo. E poder segurar e cuidar dessas coisinhas mais fofas todos os dias é maravilhoso. A segurança do bebê deve ser sempre sua prioridade. Tudo o que você faz, incluindo as poses no pufe, na mão e até mesmo nos acessórios, deve ser feito tendo a segurança em mente, não importando mais nada!

Mantenha sempre pouca distância entre você e o bebê durante todo o tempo. Nunca fico mais do que um passo distante do pufe e fico de olho nele o tempo todo. Sempre que preciso me afastar, peço a um dos pais para se sentar ao lado do bebê. Se estou conversando com os pais enquanto estou fotografando, coloco as mãos sobre o bebê enquanto não estou olhando para ele. Os reflexos do bebê são muito rápidos e num instante eles podem rolar ou se jogar. Não arrisque; esteja atento!

Foto: Robin Long

Algumas vezes, você receberá pedidos dos pais para poses e/ou acessórios com os quais você não tem experiência em trabalhar ou não acha que sejam seguros para o bebê. Ouça sua intuição. Só porque os pais querem, não significa que você tem que fazer. Sempre pense na segurança. Se você tiver qualquer dúvida por qualquer motivo, não arrisque e não tenha medo de dizer “não”.

Sempre tenha algum assistente quando estiver fotografando com algum acessório. Eu peço para um dos pais sentar no chão próximo ao bebê durante todo o tempo. O pai é instruído a ficar de olho no bebê e não em mim e a não ter medo de pular na frente da câmera se ele sentir que a segurança do bebê está em risco. Os bebês podem se assustar e se mover muito facilmente, por isso esteja preparado para quaisquer movimentos rápidos. Abaixo, fiz uma lista completa com 15 dicas de segurança para fotografar recém-nascidos em ensaios newborn.

  1. Retire todas as joias, incluindo anéis, brincos, braceletes e colares.
  2. Certifique-se de ter cortado bem as unhas para não arranhar o bebê.
  3. Caso seja necessário, chame um assistente para ter segurança.
  4. Higienize as mãos constantemente durante a sessão, não apenas uma vez, mas constantemente.
  5. Ao usar baldes e cestas, coloque um saco de areia de cinco quilos no fundo para firmar.
  6. NUNCA deixe o bebê sem supervisão!
  7. Use sempre a correia da câmera presa ao pescoço quando estiver fotografando de cima.
  8. NUNCA tire os olhos do bebê. Se você precisar se virar para falar com os pais, segure o bebê com as mãos. Se você precisar se afastar do bebê, peça a um assistente ou a um dos pais que se sente ao lado do bebê.
  9. Mantenha sempre o bebê confortável. Quando o estiver posicionando, se ele não gostar da pose, mude para outra posição. Nunca force uma pose!
  10. Pratique muito e domine as poses básicas antes de tentar poses mais elaboradas.
  11. Regule o aquecimento e mantenha o bebê quentinho. Porém, os bebês não devem estar suando. Caso eles estejam, está muito quente. Tenha cuidado com o superaquecimento!
  12. NÃO COLOQUE o aquecedor muito próximo do bebê; o aquecedor pode causar-lhe queimaduras.
  13. Cuidado com a má circulação. Se você perceber os pés ou as mãos do bebê muito vermelhos, muito azuis ou roxos, precisa reposicionar o bebê ou até mesmo mover o bebê para outro lado.
  14. Se o bebê aparentar estar com frio ou tremendo, aqueça-o imediatamente envolvendo-o em uma manta ou colocando um cobertor sobre ele.
  15. Esteja atento aos reflexos do bebê. Eles se assustam facilmente, principalmente quando estão em cestas ou em uma tigela.

Gostou das dicas? Leia gratuitamente um capítulo no livro da Robin Long no site da iPhoto Editora e aumente ainda mais os seus conhecimentos (acesse aqui). Abaixo vídeo da Robin sobre seu livro para os fotógrafos brasileiros.