Fotopédia

Dorothea Lange e a edição de sua icônica fotografia

eBook: 7 Passos Para Transformar Fotografia Em Profissão

O desenvolvimento da fotografia documental contou com a ajuda de Dorothea Lange, que por meio de suas lentes realizou grandes retratos da Grande Depressão. As imagens serviram como forma de humanizar as consequências da época de forma sensível.

iphoto-dorothea-lange-5

O início na fotografia começou na Columbia University de Nova Iorque, que lhe rendeu empregos como aprendiz em diversos estúdios da cidade. Em 1918, abriu o seu próprio estúdio de retratos em São Francisco, segmento da fotografia na qual iria se consagrar.

A situação econômica piorou e a Crise de 1929 criou um cenário catastrófico pelas ruas. Lange passa a fotografar fora do estúdio, realizando imagens que iriam marcar a pior recessão econômica do século XX. Suas fotografias chamaram a atenção de outros profissionais, que acabou lhe rendendo um emprego na Farm Security Administration (FSA).

iphoto-dorothea-lange-4

Lange retratou o sofrimento de uma nação para a FSA, que lutava contra a pobreza e esquecimento, suas fotografias serviam além de documentação, como um alerta sobre as condições vividas. As fortes imagens passaram por diversos jornais e revistas consagrando o nome da fotógrafa, nesse período o retrato de uma mãe imigrante, Florence Owens Thompson,  com seus três filhos tornou icônica, a fotografia “Migrant Mother” é até hoje um símbolo de perseverança.

Uma curiosidade sobre essa fotografia é a edição realizada no canto inferior direito. Onde a mão de Florence, que segurava na estrutura da barraca foi removida na época e ficou apenas o fantasma de seu dedo e um pedacinho da mão no canto. Na sequência de imagens podemos ver que Florence estava com os filhos perto do suporte.

iphoto-dorothea-lange-1 iphoto-dorothea-lange-2 iphoto-dorothea-lange-3

Em 1941, Lange foi premiada com uma bolsa da Fundação Guggenheim, que desistiu para poder fotografar a evacuação de japoneses americanos, aos campos de realojamento, quando ocorreu o ataque de Pearl Harbor. Lange realizou a fotografia de crianças nipo-americanas jurando à bandeira, um momento em que pessoas eram detidas sem ao menos cometer algum crime. Sua visão crítica foi tão forte que as imagens acabaram sendo confiscadas, hoje elas estão disponíveis para acesso.

iphoto-dorothea-lange-6

iphoto-dorothea-lange-7

iphoto-dorothea-l-1

iphoto-dorothea-l-2

Livro - Fotografia de Bebês
Eliza Doré

Eliza Doré

Eliza Doré é assessora de comunicação da iPhoto Editora e escreve para o iPhoto Channel. Formada em Jornalismo pela Univali, já estudou fotografia documental na Argentina. Conheça outros projetos paralelos: lizzadore.tumblr.com

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como aprender mais fotografia…

Selected Title

Receba as novidades por e-mail