Fotografia de casamento

Túlio Isaac: prêmios servem como parâmetro

Black Friday Antecipada

Túlio Isaac é um fotógrafo de casamentos de Betim (MG). Ele está no negócio há sete anos e vive o melhor momento da carreira, com uma sequência de prêmios conquistados no decorrer do ano. O mais significativo para ele foi obtido em julho: o primeiro lugar na categoria retrato do Prix de la Photographie Paris (PX3). “O PX3 é hoje a premiação de fotografia mais importante da Europa e abrange todas as áreas (moda, publicidade, fotojornalismo, editorial, retratos). É bacana justamente porque não é específica de casamentos”, explica o contemplado, que tem 37 anos de idade e trabalhava com marketing para multinacionais antes de se tornar fotógrafo.

1
Fotografia ganhadora do 1º lugar no concurso Prix de la Photographie Paris, na categoria retrato

Foi um lance fortuito que o fez mudar de ramo. Isaac não andava feliz com o emprego e teve a desventura de sofrer o trauma de um assalto a mão armada. Foi a gota d’água. “Eu acordei em uma segunda-feira totalmente desmotivado e prometi naquele dia que nunca mais eu iria me sentir daquela forma”, lembra. A vida seguiu até que, viajando a trabalho, ele teve um encontro com um parente, que lhe propôs comprar a Leica V-Lux que estava vendendo. “Nessa época, minha filha mais velha tinha um ano e eu resolvi então comprar para ter algumas fotos do crescimento dela”. Alguns meses depois, Túlio usou a câmera no aniversário de um tio. Capturou um lance de emoção na festa e foi tocado pela “adrenalina absurda” da ação. “Eu entendi o que eu queria fazer. Comecei a estudar diariamente e logo percebi que a fotografia de casamentos poderia me proporcionar emoções como essa”.

perfil
Túlio Isaac: “adrenalina absurda” o fez optar pela fotografia (foto: Iriny Georgandy)

Responsável por quase todas as etapas do trabalho – do clique à diagramação –, o mineiro realiza em média dois casamentos por mês. Conta com a assistência de outros dois profissionais nos eventos e o auxílio indispensável da esposa Iriny no atendimento e administração da empresa – sem falar na “curadoria” das imagens: “Temos esse combinado de rever sempre todo o trabalho e aparar as arestas quando necessário. Ter esse apoio de alguém próximo e verdadeiro, apontando os erros e acertos, é extremamente importante”, avalia.

Túlio segue referências de moda e fotojornalismo e manifesta predileção pelo preto e branco, sentimento que, ele acredita, compartilham os seus clientes. “Eu diria que o PB me sugere reflexão, contemplação, imaginação, paz, emoção e penso que isso anda em sintonia com a mensagem que pretendo passar com minhas imagens”, afirma.

Justamente um retrato PB que lhe deu o prêmio mais festejado, no PX3. “É motivo de muito orgulho e me sinto honrado com esse reconhecimento”, revela o fotógrafo. A foto mostra uma noiva enxugando as lágrimas do pai, incapaz de conter a emoção, e foi duplamente premiada: venceu a categoria emoção do Wedding Awards. “O WA é um concurso organizado anualmente pelo respeitado portal de casamentos Yes Wedding. Na verdade, foi o primeiro reconhecimento que obtive aqui no Brasi e fiquei feliz de receber o primeiro lugar”, diz Túlio. Sua outra conquista no ano foi pelo site Junebug Weddings, “que é uma empresa de assessoria e organização de eventos respeitadíssima nos Estados Unidos”.

2
Foto premiada pelo diretório de fotógrafos Junebug Weddings

Para ele, participar de concursos é uma maneira de “medir” o seu trabalho. “Se eu posso oferecer algum benefício para o meu cliente com uma imagem premiada ou se ele fica satisfeito, eu acho ótimo, mas participo com o princípio de avaliar o meu trabalho. Esse é o maior retorno”, acredita. “Também é legal, pois estou sempre olhando um passo à frente, tentando colocar o meu trabalho na mesma linha de profissionais fabulosos de diversas partes do mundo e, com isso, estou praticando um exercício de aperfeiçoamento constante”, acrescenta o premiado profissional.

Exclusivamente focado em casamentos, Túlio está desenvolvendo um trabalho na linha de retratos. “Algo como uma sessão pré-wedding, mas individual”, ele descreve: “Na verdade, estou desenvolvendo esse projeto a partir do pedido de muitas noivas, que depois de um tempo de casadas pediam uma sessão de fotos mais informal, como uma forma de ter uma recordação valiosa em determinado momento da vida. Estou adorando o desenvolvimento desse projeto e tem contribuído muito para o desenvolvimento do meu trabalho na linha de casamentos”, afirma.

3

4

7

8

11

13

15

trash-the-dress-anderson-miranda-dvd


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Alcides Mafra

Alcides Mafra

Jornalista e colaborador do iPhoto Channel ([email protected])

1 comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail