Fotografia de casamento

Fotógrafo convence noivos a fazer ensaio no inverno de zero graus

Foto: Renato Pinheiro
Como montar a pose perfeita

O amor é um sentimento que aquece o coração, certo? “É o calor que aquece a alma”, já diria Nando Reis. E no caso de Viviane Grassi e Felipe Fert, provavelmente o suficiente para topar um ensaio fotográfico à zero graus. E essa ideia maluca foi do fotógrafo Renato Pinheiro, que aproveitou o clima super frio do sul do país para dar vida a este belíssimo ensaio. A ideia foi tão inusitada que conquistou grandes portais nacionais, como o Diário Catarinense e o G1.

“O ensaio foi bem rápido, não podíamos pensar muito, durou uns 40 minutos. Pois demorando mais o efeito da geada, nascer do sol e neblina não iam ser mais tão agradáveis. Sendo que na verdade não esperávamos neblina, estávamos contanto que fosse como a geada do dia anterior que fotografei aqui no Cerrito, chão branco e céu bem azul. Mas tenho certeza que essa neblina enriqueceu demais esse trabalho”, contou o fotógrafo ao iPhoto Channel.

Conversei com o Renato Pinheiro, que nos deu uma entrevista exclusiva contando essa divertida história. Confira:

Foto: Renato Pinheiro

iPhoto Channel – Como você levou a ideia para os noivos de fotografar nesse horário, em 0ºC? Qual foi a primeira reação deles?
 

Renato Pinheiro – No dia anterior a sessão de fotos deu a maior geada desse inverno, e eu resolvi sair para tirar uma foto da geada na fazenda da família da minha esposa, aqui mesmo em São José do Cerrito/SC. E quando cheguei lá achei o espetáculo tão lindo, aquele branco de “arder os olhos”, aquele céu azul contrastando com a geada e na hora pensei “uma noiva nesse campo ia ficar demais”. E nesse mesmo dia o pessoal da Vinícola Abreu Garcia, em Campo Belo do Sul (cidade vizinha da nossa) postou fotos da Geada de lá e fiquei encantado com aquele quantidade de geada. E na hora pensei “temos que arrumar casal de noivos e amanhã antes de amanhecer o dia estar começando os trabalhos”. E em menos de 24 horas organizamos tudo: casal, locação, vestido, maquiagem e auxílio de luz. E antes das 7 da manhã estávamos lá prontos para fotografar. 

iPhoto Channel – Como foi a sensação de fotografar nessa temperatura? Você teve alguma dificuldade? 

Renato Pinheiro – Eu estava tranquilo, bem agasalhado, mas minhas mãos estavam muito geladas porque não consigo fotografar de luvas. Mas meu auxiliar era um primo meu de Florianópolis, esse sofreu com o frio, mesmo de luva, toca, cachecol, hehe. 

iPhoto Channel – E os noivos, não reclamaram de frio, nada? 

Renato Pinheiro – Os noivos foram fantásticos. O noivo só reclamou quando fiz o convite, meio que se negou. Mas a Noiva sempre consegue tudo, hehe. E na hora das fotos o noivo estava de boa, de terno, e quando a noiva fotografa sozinha, ele pegava cobertores dela. E a cada 5 a 10 minutos a gente parava e ela se cobria e entrava um pouco no carro. Apesar que por baixo do vestido ela estava de calça e bota. Mas mesmo assim, a parte de cima toda de renda. Ela passou muito frio, mas em nenhum momento reclamou de nada, estava super curtindo cada momento. 

Foto: Renato Pinheiro
iPhoto Channel – Depois do ensaio pronto, como foi esse caminho até chegar nos grandes jornais? 

Renato Pinheiro – O pessoal da Vinícola Abreu Garcia através de sua acessória de impressa já lançou no Diário Catarinense, como de costume faz com as grande produções que a vinícola recebe. E no G1 me deu o palpite de perguntar pra uma amiga minha que é Repórter da RBS local (nota da edição: afiliada da Globo no sul) se ela tinha algum contato da globo.com, e na hora já passei a história pra ela e o pessoal do G1 entrou em contato comigo, e no mesmo dia já saiu no G1 nacional. 

iPhoto Channel – E qual foi o sentimento depois que você viu seu trabalho nestes grandes sites?

Renato Pinheiro – Eu não conseguia parar de rir, acho que até meus dentes sisos (que nem tenho mais) apareciam no meu sorriso. Fiquem num estado de alegria enorme, ligava pra minha esposa, pra minha mãe, pro meu pai, já postei os print nas minhas redes. E agradeci a Deus e ao universo e claro a mim mesmo por ter conseguido realizar um trabalho que chegou no país todo. E depois que vi que no face do G1 tinha mais de 47 mil curtidas e quase mil compartilhamentos, nossa, daí meu peito se encheu mais ainda de orgulho.

Foto: Renato Pinheiro
iPhoto Channel – Para finalizar, gostaria de saber mais alguns detalhes técnicos da fotografia, como os equipamentos utilizados e como você lidou com a exposição durante a neblina.

Renato Pinheiro – Utilizei um Nikon D700. E uma lente Nikon 24-120mm 1:4G ED. Usei essa lente pois a cena pedia uma lente grande angular, para conseguir abranger mais detalhes do cenário. Para iluminar o assunto utilizei um Flash Nice Photo rebatido em uma sombrinha prateada com difusor branco. E nas fotos mais próximas aos cavalos não utilizei flash em algumas, usei apenas a mesma câmera e lente.
 

Bem, no começo quando o sol estava nascendo mesmo, a neblina não estava tão forte onde estávamos, então foi tranquilo. Nessa hora o sol chegou lindo pra gente e desenhou o fundo da paisagem. Depois que o sol subiu mais um pouco, a neblina tapou ele e dai sim a neblina ficou mais intensa, mas nada que tenha me atrapalhado, pois o flash dissipava bem a neblina quando iluminava o assunto e o fundo da cena ficava bem nevoeiro que era o que a gente desejava. 

Queríamos esse impacto da neblina. E depois que o sol subiu mais um pouco, viramos o assunto em favor do sol, usando apenas ele como luz, como tinha neblina ainda ele chegava mais suave e já colorindo o céu de azul. A abertura sempre mais alta que f/7 chegando em várias cenas f/22, para poder dar mais detalhes do cenário e um céu menos claro.

Veja mais fotos do ensaio:

Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro
Foto: Renato Pinheiro

Assine nossa newsletter e fique informado :)

Livro - Fotografia de Bebês
Ruca Souza

Ruca Souza

Ruca Souza é editora do iPhoto Channel. Jornalista, também é fotógrafa de coisas e pessoas (nessa ordem) e tem uma banda de rock.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail