Equipamentos de fotografia

Sensor Full Frame x Sensor Cropado: você consegue dizer a diferença?

Como montar a pose perfeita

Muito se discute sobre até onde a qualidade do equipamento influencia na construção das fotografias. Você acha que pode dizer a diferença entre as imagens feitas com um sensor full frame e com um sensor APS-C (cropado) da mesma cena? O fotógrafo Manny Ortiz fez um ensaio usando dois tamanhos de sensores para provar que é possível conseguir resultados similares usando ambas tecnologias.

As fotos full frame foram tiradas usando uma câmera Sony A9 com uma lente 85mm f/1.4 G Master – um kit que custa cerca de US$ 6.300 (US $4.500 a câmera e US$ 1.800 a lente). As fotos com sensor cropado foram tiradas usando uma Sony A6500 e uma lente Sonnar 55mm f/1.8, um kit no valor de US$ 2.400 (US$ 1.400 a câmera e US $ 1.000 a lente).

Quais as diferenças entre tamanhos de sensor nas câmeras?

Ortiz usou o equipamento full frame com abertura f/2.8 para capturar uma profundidade de campo que fosse semelhante ao fotografar com o equipamento cropado em f/1.8 – a exceção foram as fotos noturnas, para as quais Ortiz usou f/1.8 para manter o ISO mais baixo.

“Consegui obter resultados quase idênticos de ambas as configurações de câmera”, diz Ortiz ao site PetaPixel. “Não há muita diferença entre as fotos provenientes de ambos os tipos de câmeras e outros fatores desempenham um papel maior”.

Veja as fotos do ensaio abaixo e tente descobrir qual foi feita com a câmera full frame e qual foi feita com a câmera cropada. As descrições estão nas legendas:

Crop / Full Frame
Crop / Full Frame
Full Frame / Crop
Full Frame / Crop
Full Frame / Crop
Full Frame / Crop

Fonte: PetaPixel


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Livro - Fotografia de Bebês
Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

4 comentários

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Acho que duas das principais diferenças, sem entrar na usabilidade de trabalho, é a profundidade de campo e o contraste contra luz. Mas é algo que acredito que pra clientes normais de ensaios não faz diferença nenhuma.

  • as pessoas podem achar que não faz tanta diferença, mas ainda acho que a FF entrega melhores contrastes, maior profundidade e continuo achando que a nitidez que a FF entrega pouca coisa maior que as crop.. assim, para cliente final, visualmente não faz diferença, mas para quem esta atras da câmera, são algumas minucias que costumam incomodar um pouco.

  • A diferença é que para pessoas que vieram do filme, eu me incluo nesse grupo, levaram um choque quando era necessário utilizar uma lente 18mm para conseguir algo semelhante que se conseguia com uma 28mm. Mas depois de um tempo me acostumei, mas quando tive a oportunidade de voltar para um fotograma de 24x36mm não pensei duas vezes.

    Não consigo pensar em fotografar arquitetura com o sensor cropado, justamente pela limitação em super grande-angular, quanto a qualidade de imagem tenho certeza que ninguém diferencia.

Receba as novidades por e-mail