Câmeras, lentes e iluminação Equipamentos de fotografia

Como é fotografar com uma lente super teleobjetiva de 800mm?

Foto: Urixblog
Foto: Urixblog
Livro - Sem Medo do Flash

Quem olha essa lente pela primeira vez leva um susto. Ela é literalmente um monstro, enorme e com mecanismo de espelho, o que não é tão comum e dá a ela esse visual diferente, com este elemento circular preto em frente ao vidro. A Samyang 800 f/8 é mesmo surpreendente no seu visual, e nas imagens que ela entrega também traz resultados curiosos. Um deles é o bokeh com furos no meio.

Foto: Urixblog
Foto: Urixblog
Foto: Urixblog
Foto: Urixblog

O fotógrafo russo Yury Golubinsky compartilhou no urixblog suas impressões sobre utilizar esta objetiva. Confira:

“Recentemente eu comprei essa lente, não resisti. Mas de acordo com os resultados de quase duas semanas de trabalho com ele, eu acho, essa lente tem mais falhas do que méritos. No entanto, existem situações em que é insubstituível e bem-sucedida. Eu a usei com uma câmera Canon 5D Mark II.

Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky

Aspectos positivos:

Bokeh; 800mm+f / 8; leve, pequena, barata; anel de foco se move muito suavemente, sem folga, por isso focagem é possível (embora talvez dependa da amostra particular).

Aspectos técnicos negativos:

Não há a nitidez que eu estava acostumado com as lentes Canon L. E não tão ruim nitidez de imagem como a presença de uma dispersão em torno de mais ou menos detalhes nítidos. Provavelmente isto é coma ou alguma outra aberração.

O disparo a velocidades de obturador superiores a cerca de 1/1000 no tripé só pode ser feito com o bloqueio do espelho ativado, caso contrário há deslocamento vertical. Mas fotografia com a câmera nas mãos poderia ser feita bem com 1/200.

Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky

A principal desvantagem desta lente ao fotografar pessoas é a incapacidade de se comunicar com a modelo nas distâncias de trabalho. Celular não funciona, porque é um longo tempo para discar e é muito perturbador. A solução pode ser um walkie-talkie com um bom alto falante.

A complexidade do foco eu colocaria em segundo lugar nas falhas ao fotografar pessoas.

Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky

Aqui eu já tenho imagens mostrando a boa nitidez que você pode conseguir com esta lente no ambiente caseiro.

Testes de campo agora: Todos os quadros foram feitos a partir de um tripé com uma focagem longa usando o modo Live view e opção de bloqueio do espelho ligada:

Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky
Foto: Yury Golubinsky

Fonte: Urix Blog

Palavras-chave
Semana da Fotografia 2017
Ruca Souza

Ruca Souza

Ruca Souza é editora do iPhoto Channel. Jornalista, também é fotógrafa de coisas e pessoas (nessa ordem) e tem uma banda de rock.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como aprender mais fotografia…

Selected Title
  • SELECT-vertical.png

Receba as novidades por e-mail