Dicas de Fotografia

Técnicas essenciais que todo bom fotógrafo de poker precisa ter

Foto: Tony Tran/Flickr
Black Friday Antecipada

Ter paciência para esperar pela ação certa; conhecer o esporte e sentir a percepção do que está para acontecer. As exigências para ser um bom fotógrafo de poker não são muito diferentes das que profissionais especializados em outros esportes precisam ter. No entanto, há algumas peculiaridades que são únicas para os que pretendem se envolver nessa modalidade de fotografia.

O crescimento do número de fotógrafos profissionais que cobrem o poker, com nomes como Joe Giron e Fabian Grubler sendo algumas das principais referências no assunto, está diretamente ligado ao crescimento do esporte no Brasil e ao redor do mundo. Grubler que, inclusive, revolucionou as fotos nesse esporte com um estilo único e próprio.

O investimento massivo das principais empresas do setor, especialmente voltado para a divulgação de campeonatos e a realização de diversas promoções, tem contribuído muito para sua popularização e o grande aumento do número de eventos oficiais ao vivo que podem ser cobertos por profissionais.

O fotógrafo que pretende se especializar no poker precisa lembrar durante todos os momentos que se trata de um esporte de concentração e técnica. É normal que os jogadores passem longos períodos de tempo sem falar nada enquanto analisam os adversários e pensam na melhor estratégia. O que faz com que, assim como no tênis, o silêncio seja crucial durante diversos momentos de uma partida.

Como o foco dos competidores não pode ser atrapalhado pelo mundo externo, utilizar o flash é completamente inadequado quando a ação está acontecendo na mesa.

“O trabalho do fotógrafo numa sala de poker é não atrapalhar. Ele tem que ser invisível ao olho dos jogadores, e isso conta demais na reputação dos fotógrafos com os jogadores”, afirma o fotógrafo profissional Marcel Rizzuto.

Foto: Yevgeniy Timoshenko/Flickr

A falta de flash é um problema para os fotógrafos, e como os eventos de poker acontecem em ambientes fechados e algumas vezes sem tanta iluminação, o desafio pode ser grande para as lentes. Para solucionar o problema, o ideal é utilizar um ISO maior do que o padrão, que auxilia na captação de maior luz ambiente e pode ajudar a compensar a diferença.

Ainda que a qualidade da foto possa cair um pouco ou tornar-se especialmente granulada em algumas partes, o resultado pode ser muito positivo dependendo da pouca luz no ambiente. Além do ISO maior, outra boa solução para fotógrafos é optar por lentes com o diafragma de maior abertura. Utilizando-as desta maneira, muito mais luz consegue passar, e isto pode ajudar a compensar a falta de flash na sala de poker.

Outra dica importante para quem quiser fotografar bem uma competição do esporte é não ter medo de ser criativo. Giron, reconhecido como um dos profissionais mais inovadores do meio, tende a ficar horas buscando o melhor clique, sempre disposto a mudar sua posição e aberto a experimentar.

Foto: Wikimedia

Conhecer os jogadores também é essencial para se destacar. No poker, a personalidade e comportamento dos competidores tende a variar muito de um para o outro. Há atletas de vários estilos, desde aqueles que gostam de se expressar mais na mesa e interagem com o público até outros que tendem a ficar mais quietos e sossegados.

Devido a espontaneidade, jogadores mais excêntricos podem render melhores oportunidades de foto e o fotógrafo tem a responsabilidade de conhecer o histórico dos participantes na mesa, já que apenas assim ele saberá o que esperar de cada um e conseguirá capturar os momentos mais emocionantes do esporte.

Também há outros macetes que incrementam muito na qualidade das fotografias no poker. Como é frequente que os jogadores analisem as cartas olhando para a mesa, com a cabeça baixa, é importante tentar fotografar o jogador em olhar reto ou interagindo com outros competidores para evitar fotos comuns e sem expressão.

O clique na hora certa de Joe Giron: o jogador Daniel Negreanu se jogou no chão após ser eliminado

Mais um ponto importante é esperar o atleta ter cartas nas mãos. Quando ele não tem, dificilmente vai fazer alguma pose ou algo diferente que vai destacar a foto. Além disso, jogadores com muitas fichas geralmente rendem ótimos enquadramentos.

Finalmente, utilizar fotos em sequência também pode ser uma alternativa interessante, principalmente na hora de tentar captar algum jogador jogando fichas na mesa, já que este  movimento é um dos mais legais do poker e geralmente tem a capacidade de tornar o momento quase poético – o que pode resultar em uma grande foto.

Conhecer essas técnicas é fundamental para um fotógrafo se destacar no mundo do poker. Com eventos no mundo todo e um crescimento acelerado em vários estados do Brasil, ir para esse ramo pode ser uma excelente oportunidade no mercado.


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Da Redação

Da Redação

As últimas novidades no mundo da fotografia e as melhores exposições e mostrar direto da Redação do iPhoto Channel. Tem alguma sugestão de pauta? Envie para [email protected]

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail