Criatividade Dicas de Fotografia

Como usar poças de água para criar belas fotos

Foto: Nick Fancher
Livro de Fotografia Poses Perfeitas

Implementar água em uma fotografia aumenta o drama nas imagens, mas também a dificuldade na execução. Em artigo para a Digital Photography School, o fotógrafo Nick Fancher compara aprender a iluminar na água com aprender a iluminar objetos metálicos e outras superfícies reflexivas.

“As poças de chuva são incríveis. Aposto que você nunca pensou em sair depois da chuva para caçar poças de água. Mas, como você pode ver na imagem abaixo, é exatamente isso que eu estava fazendo”

Ele destaca que, como o produto que estava fotografando era uma garrafa de colônia, que é bastante pequena, a poça não precisava ser muito larga ou longa. Caso estivesse fotografando algo maior, como uma pessoa, ele precisaria de uma poça muito maior para usar essa técnica de fazer fotos de reflexão.

Como foi feito

Nick foi para a rua procurando uma poça em uma superfície escura. O próximo foi pensar a altura do flash, que ele colocou no mesmo nível que o produto – no chão. Ele explica que se iluminasse de um ângulo mais alto, o flash iluminaria muito o solo ao redor do produto, resultando em uma imagem menos dramática. Ele também adicionou uma colmeia ao flash para concentrar mais a luz.

Com um dia escuro e uma saída de flash de ¼ de potência, Nick excluiu quase toda a luz ambiente, com uma exposição de 1/60 e abertura f/7.1. Em um dia mais brilhante, provavelmente seria necessário um filtro de densidade neutra (ND) para livrar-se da luz ambiente extra.

Embora o ambiente tenha sido reduzido a uma qualidade quase noturna, ainda há reflexos do céu e das árvores visíveis na poça. A velocidade de obturação inferior permitiu que esses tons e formas permanecessem. Embora a poça não tenha sido especialmente ampla ou profunda, foi suficiente para conseguir uma superfície reflexiva, veja abaixo.

Se o céu estivesse claro, em vez de cinza escuro, a superfície da poça seria um azul agradável e vibrante, como se vê abaixo. Nesta foto, você pode ver como o tom azul é bom, enquanto o primeiro plano iluminado é bastante perturbador, para não mencionar as dezenas de pedras pequenas. Isso ocorreu porque a luz estava elevada, iluminando o concreto em frente aos sapatos, e é por isso que é importante baixar as luzes, de modo que estejam paralelamente ao chão.

Quando o céu esta limpo, a superfície da poça muda para uma linda cor azul. Porém, certifique-se de não iluminar de cima, porque como visto, o concreto iluminado faz do primeiro plano uma distração.

Reflexo na água com modelo

Na próxima imagem, Nick estava usando uma poça bastante larga, que era grande o suficiente para isolar o modelo, Max. Novamente, ele colocou a luz no mesmo nível que o modelo, e não acima, além de usar uma colmeia. A poça reflete muito bem, embora mostre um pouco do edifício em segundo plano. Depois de terminar a classificação da cor da imagem no Lightroom, Nick usou o Photoshop para remover o edifício.

Para fazer isso, selecione a área problemática e simplesmente pressione “Delete”. Se você estiver usando o Adobe Photoshop CS6 ou CC, você verá a opção “Content Aware” (veja abaixo). Geralmente, ele faz um trabalho digno ao preencher a seleção, mas a limpeza menor é muitas vezes necessária. Nick usou a ferramenta “Spot Healing Brush” para limpar as áreas restantes.

Depois de remover o reflexo do edifício, a superfície da água parecia perfeita. Veja abaixo o resultado final:


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Livro Poses Perfeitas

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!