Colunistas Diagramação de álbuns Dicas de Fotografia

5 dicas práticas para fazer um álbum de fotografia

Foto: Edson Beline/Studio 1
Fotografia de gestantes em estúdio

Todo fotógrafo gosta de ver suas fotos reveladas, não é mesmo? É muito legal ver o seu trabalho ali impresso, passando de mão em mão, sendo admirado pelas pessoas. Quando as fotos vêm dentro de um belo álbum então, é sensacional! Mas o que eu mais vejo acontecer são fotógrafos abrirem mão de oferecer os álbuns para os seus clientes por puro medo de diagramar. Montar um álbum de fotografia pode parecer muito complexo em um primeiro momento, mas a verdade é que diagramar um bom álbum é como uma receita de bolo: basta usar os ingredientes certos, seguir cada passo e ter paciência para errar algumas vezes até acertar.

Quando comecei a diagramar álbuns em 2010 havia pouquíssima ou quase nenhuma informação sobre Diagramação de Álbuns. Fui buscar em outras áreas o conhecimento necessário para me tornar uma especialista, e hoje fico muito feliz em poder compartilhar um pouco do que aprendi na teoria e na prática com você! Então preparei cinco dicas de ouro pra ajudar você a criar álbuns incríveis!

1. Selecione as melhores imagens

Com certeza esse é o “pulo do gato” na montagem dos seus álbuns! Primeiramente, é importante entender que a forma como você posiciona as fotos no álbum faz toda a diferença no trabalho. Só de posicionar as fotos de forma estratégica já é possível dar ênfase nas melhores imagens e “esconder” aquelas que você não gostou tanto, por exemplo. Mas o mais importante é entender que uma foto mediana, porém bem posicionada no álbum, terá muito mais impacto do que várias fotos sensacionais acumuladas nas mesmas páginas. Pense no seu álbum como uma exposição fotográfica: você não quer que as pessoas apenas passem pelas suas fotos, mas que enxerguem e sintam cada uma delas. Por isso selecione poucas imagens para que você possa dar a cada uma o destaque que merece.

Foto: Edson Beline/Studio 1
Foto: Edson Beline/Studio 1

2. Na dúvida, não faça!

A minha principal função ao trabalhar com pós-produção, é ser invisível. Se qualquer pessoa que for folhear o álbum se atentar no quanto as fotos foram tratadas, ou se qualquer outro elemento chamar mais atenção do que a fotografia em si, há algo errado. De uma forma geral, eu aconselho que se use páginas com fundo branco, evite bordas chamativas e crie layouts simples e bem alinhados. Ousar com cores fortes, brincar com layouts diferentes ou inserir qualquer elemento mais chamativo exige grande domínio da técnica para que não haja conflito com as fotos. Se você não tiver segurança para isso, não arrisque. Prefira ousar mais na composição da Capa e Contracapa, por exemplo, e deixe que as páginas do seu álbum sejam apenas molduras para as suas fotos.  O ditado já é antigo, mas muito válido: “O menos é mais!”

3. Escolha uma boa fonte

Se você já teve contato com algum profissional de design, já deve saber que a Tipografia é a nossa grande paixão. Não é pra menos, pois a escolha da fonte certa faz toda diferença em qualquer projeto. Você não precisa se tornar um especialista, mas é essencial conhecer ao menos os conceitos básicos para identificar cada estilo de fonte e assim saber escolher qual a mais adequada para cada álbum.

Também é importante pensar no tamanho da fonte em relação ao tamanho do álbum. Tenha especial cuidado ao definir o tamanho das palavras, para que não fiquem nem muito pequenas a ponto de não serem lidas e nem muito grandes para não pesarem no layout.  Mas o mais importante ao escolher uma fonte é lembrar que ela será usada para passar uma informação, por isso tome cuidado com fontes muito desenhadas, por exemplo. Uma boa tipografia é uma tipografia legível.

Foto: Edson Beline/Studio 1
Foto: Edson Beline/Studio 1

4. Crie seu próprio estilo de layout

Vejo muitos fotógrafos perderem muito tempo ao diagramar seus álbuns, especialmente na hora de posicionar as imagens nas páginas. Da mesma forma que você tem o seu estilo de compor as suas fotos, você deve definir seu próprio estilo de diagramação. Identifique quais os tipos de layout você mais gosta e crie um padrão de alinhamento, definindo o quanto de espaço deve haver entre as fotografias, assim como entre as fotos e as bordas das páginas.

Depois de estabelecer essas regras, ficará muito mais simples posicionar as imagens nas páginas de forma uniforme. Dar preferência a ângulos e bordas retas, cuidar do alinhamento e não colocar muitas fotos num mesmo espaço é receita para um álbum limpo, agradável e atemporal.

5. Domine um programa profissional de edição

Principalmente quando estamos começando a aprender a montar um álbum, alguns softwares fornecidos por encadernadoras, por exemplo, são bastante atrativos por disponibilizarem layouts já prontos. Porém, é preciso levar em conta que você terá que necessariamente imprimir o álbum com aquela encadernadora, sem possibilidade de guardar os arquivos das páginas para uma nova impressão no futuro.

Toda essa praticidade que é oferecida com os templates prontos acaba limitando as inúmeras possibilidades de criação que você teria ao dominar um programa de edição profissional, como o Photoshop e o InDesign. Inicialmente é mais trabalhoso aprender a lidar com um programa mais complexo, mas o esforço com certeza valerá a pena. Saber dar um bom acabamento no seu trabalho, tanto com o tratamento de imagens quanto com a montagem dos seus álbuns, é um grande diferencial no trabalho do fotógrafo, e por isso investir em conhecimento é tão (ou mais) importante quanto investir em bons equipamentos.

Foto: Edson Beline/Studio 1
Foto: Edson Beline/Studio 1

Montar um álbum é como escrever uma história: é necessário seguir algumas regras para se ter uma boa estrutura antes de deixar a imaginação fluir. Mas depois que você aprende a usar as técnicas a seu favor, o trabalho se torna cada vez mais fácil e mais divertido. ­

Conte pra mim o que você achou das dicas. Ficou alguma dúvida? Quer saber de algum assunto específico? Comente aqui pra gente bater um papo 🙂

Conheça o curso “Diagramação de álbuns de newborn” de Beatriz Moraes no iPhoto Play.

Livro - Fotografia de Bebês
Beatriz Moraes

Beatriz Moraes

Beatriz Moraes é colunista do iPhoto Channel. Especialista em diagramação de álbuns e edição de imagens, já ministrou workshops em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de palestrar em congressos como a Semana da Fotografia. Também é autora do curso "Diagramação de álbuns de Newborn", do iPhoto Play (www.iphotoplay.com.br).

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como aprender mais fotografia…

Selected Title

Receba as novidades por e-mail