Dicas de Fotografia Fotografia de casamento

3 dicas de iluminação para fotografar casamentos

Foto: Everton Rosa
eBook: 7 Passos Para Transformar Fotografia Em Profissão

Quem já participou de um casamento sabe como esses momentos são lembrados por sua áurea mágica. Mas como refletir essa ideia nas fotografias? Qual o melhor tipo de luz a ser utilizada?

As cerimônias podem variar de local conforme o gosto dos noivos. Hoje em dia a tendência é que cada vez mais casamentos sejam realizados ao ar livre, o que possibilita o uso da luz natural. Mas algumas vezes o que era para ser um facilitador pode complicar em alguns pontos.

  1. Entenda a luz de cada local

Para o fotógrafo Everton Rosa, a luz suave comanda o ritmo de suas fotografias, “não importa o dispositivo que está gerando a iluminação, e sim sua posição relativa ao objeto e o quanto suave ela é”. A luz perfeita para ele é a que molda o rosto da pessoa da melhor forma possível. Mas é preciso estar sempre atento a posição da luz, senão o efeito pode ser contrário.

Foto: Everton Rosa
Foto: Everton Rosa

Uma das dicas que Rosa dá é o uso de acessórios como o softbox quando você estiver utilizando o flash. Mas será que você deve utilizar somente a luz artificial? O fotógrafo acredita que quando o casal escolheu aquele horário e local para realizar a cerimônia, já havia a intenção de ter aquelas condições de iluminação, “apenas procuro posicionar as pessoas para ter um melhor desenho da luz”.

  1. Provoque emoções com a iluminação

Conhecer a luz que será utilizada irá causar efeitos incríveis, por isso você deve estar sempre estudando e pesquisando sobre o assunto. No livro Criatividade na fotografia de casamento, uma boa dica de iluminação é sobre sua projeção no estilo cinematográfico, ou seja, assim como na sétima arte, a ideia é criar uma iluminação que provoque uma reação emocional, o que é de fato a atmosfera de uma cerimônia de casamento.

Foto: Everton Rosa
Foto: Everton Rosa

Duas cenas muito comuns em casamento, assim como no cinema, são: romantismo e dramaticidade. Estudar esses dois tipos de luz pode fazer com que sua foto ganhe mais expressão. A dica é criar uma luz que favoreça os noivos e passe o sentimento do momento. “Quando fotografo uma noiva, o que eu espero é que ela se apaixone por si mesma ao ver as imagens”, diz Everton Rosa.

  1. Não esqueça do fotômetro

O uso do fotômetro não é novidade para os fotógrafos, mas algumas vezes, na emoção e pressa de captar o momento, esse detalhe importante pode ser esquecido. Essa dica não fala sobre lembrar os fotógrafos de utilizarem a regra básica, mas que ela seja utilizada a seu favor.

Foto: Everton Rosa
Foto: Everton Rosa

Everton nos mostra o diferencial em seu trabalho; cada fotografia parece ser planejada, como se todas fossem posadas. Mas a verdade é que o fotógrafo é um ótimo observador e domina seu equipamento, “é nesse ponto que a capacitação faz toda a diferença: todo fotógrafo deve dominar tecnicamente o seu equipamento e estar habilitado a fazer a pós-produção, de modo a extrair o melhor”.

Para saber mais, confira o livro Criatividade na Fotografia de Casamento, de Everton Rosa. Para adquirir o livro, acesse a loja online da iPhoto Editora ou ligue para 0800 600 5622.

Livro - Fotografia de Bebês
Eliza Doré

Eliza Doré

Eliza Doré é assessora de comunicação da iPhoto Editora e escreve para o iPhoto Channel. Formada em Jornalismo pela Univali, já estudou fotografia documental na Argentina. Conheça outros projetos paralelos: lizzadore.tumblr.com

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como aprender mais fotografia…

Selected Title

Receba as novidades por e-mail