Dicas de Fotografia Fotografia com smartphone

10 dicas para obter melhores fotos com o smartphone

Foto: DigitalRev
Como montar a pose perfeita

Um ditado bem conhecido entre fotógrafos é: “a melhor câmera é aquela que você tem”. Isso é verdade porque capturar o momento é mais importante do que o equipamento que grava a imagem. Hoje em dia, quase todos têm uma câmera no bolso ou na mão em todos os lugares que vamos. Os smartphones evoluíram muito nos últimos 5 anos e suas câmeras embutidas e aplicativos de fotografia sem dúvida contribuíram para o declínio das câmeras compactas.

Atualmente, é comum encontrarmos telefones com sensores de 16MP e a capacidade de fotografar em RAW. Porém, segundo o fotógrafo Ben Davis, a maioria das pessoas não tem conhecimento do potencial da câmera do smartphone e acaba tirando fotos precárias. Veja abaixo 10 dicas de especialistas para aproveitar o máximo da fotografia usando um smartphone.

1. Defina o foco

Só é preciso apontar com o dedo, então se você quer ter certeza de que o seu assunto fique o mais nítido possível, é necessário definir o foco. A maioria das pessoas ignora esse passo essencial e confia no processo de tomada de decisão da câmera, mas nem sempre dá certo. Basta tocar a tela na parte da cena que você quer que fique mais nítida para definir o foco.

2. Use a compensação de exposição

Às vezes, a iluminação de uma cena pode ser um pouco complicada para que nossas câmeras definam com precisão a exposição, especialmente ao fotografar um assunto que é muito mais claro ou mais escuro do que o plano de fundo. Isso resulta em uma imagem super ou subexposta, com uma perda de detalhes nas áreas claras ou sombras. Na sua tela, você encontrará um controle deslizante de brilho que pode arrastar para a esquerda ou para a direita para ajustar a exposição, para ter certeza se está definido como deseja. Às vezes, o toque duplo na tela levará uma leitura do medidor a partir desse ponto da cena, bloqueando a exposição e permitindo que você refaça a composição e, em seguida, tire a foto. Você pode usar esse recurso para capturar silhuetas marcantes.

3. Use o flash corretamente

Muitas pessoas ativam automaticamente o flash à noite, mesmo quando o assunto está a uma distância razoável da lente. Na realidade, você só deve usar o flash ao tirar fotos de coisas próximas da câmera, já que a sua distância efetiva não é maior do que alguns metros. Muitas pessoas usam flash ao tirar fotos em concertos, mas tudo o que vai fazer é iluminar as cabeças na sua frente, o que irá distrair o assunto principal. O uso de flash em cenas de pouca luz também pode prejudicar a atmosfera da imagem. Pode parecer contra-intuitivo, mas você também pode usar o flash do seu telefone na luz do dia, especialmente quando tira retratos contra o sol. Isso ajudará a clarear sombras escuras no rosto e também adicionar uma luz cintilante aos olhos do seu sujeito.

4. Ligue a grade para melhores composições

A maioria das câmeras de smartphone possui uma sobreposição de grade que pode ser ligada e desligada dentro das configurações da câmera. É uma boa ideia habilitá-la para ajudá-lo a compor com precisão e garantir que as linhas retas, como o horizonte ou os edifícios, não fiquem estranhas.

5. Evite o zoom sempre que possível

As câmeras na maioria dos smartphones oferecem zoom digital em vez de zoom óptico. Isso significa que, para ampliar o assunto, a imagem é cortada resultando em uma resolução reduzida. Sempre que possível, em vez de aumentar o zoom, aproxime-se do assunto para ampliá-lo no seu quadro. Se você quiser maximizar a qualidade da imagem, você deve usar o zoom digital apenas como último recurso.

6. Evite tremer a câmera

É provável que as fotos fiquem tremidas ao fotografar assuntos mal iluminados, como cenas noturnas. Isso ocorre porque a câmera está usando uma velocidade de obturação mais lenta para captar mais luz e qualquer movimento de uma mão instável é pode borrar a imagem. Para evitar esse efeito indesejado, você precisa manter seu smartphone o mais estável possível. Tente apoiar em algo sólido como uma mesa para evitar que suas mãos tremam. Alternativamente, mantenha seu telefone em algo estável, ou considere investir em um mini tripé, para que sua câmera não se mova durante a exposição.

7. Use o modo manual

Muitos telefones possuem diferentes modos de disparo além do Auto, então verifique o que você oferece no menu da câmera. O Samsung S6, por exemplo, possui o modo Pro, que permite ajustar todos os tipos de configurações de disparo, incluindo a velocidade do obturador, o ISO, o Balanço de Branco, o modo de medição e a distância de foco. Isso significa muito mais controle sobre a imagem, permitindo escolher as variáveis para obter a melhor foto.

8. Fotografe em RAW

Como qualquer fotógrafo profissional irá dizer-lhe, se você quiser o maior controle sobre o aspecto final da sua imagem, você precisa fotografar em RAW. A boa notícia é que os smartphones mais recentes oferecem essa possibilidade, para que você possa capturar imagens descompactadas e maximizar seu potencial quando for editar. Alguns telefones apenas permitem que você ative a configuração ao usar o modo Pro ou Manual. A desvantagem do uso de RAW é que os arquivos são muito maiores do que um JPEG padrão, então, se você gravar em RAW o tempo todo, você irá preencher rapidamente o armazenamento do seu telefone. Se, no entanto, você está fotografando algo um pouco especial e deseja maximizar suas opções quando você edita sua imagem, é uma boa ideia ativar temporariamente esta configuração no menu.

9. Obtenha efeitos artísticos usando filtros incorporados

Todo o smartphone permite que você aplique diferentes efeitos de filtro no momento da captura, para que você possa ver na tela exatamente como sua imagem vai aparecer. Isso varia de acordo com o fabricante, mas você provavelmente encontrará uma gama de efeitos de preto e branco, vintage, vinheta, desenho animado e muito mais. A vantagem sobre aplicativos como o Instagram que permitem aplicar filtros depois é que você sabe exatamente como sua imagem ficará antes de tirar a foto.

10. Use o temporizador automático

As vezes, na hora de tirar um selfie não é possível encaixar um grande grupo de pessoas em um único tiro e até mesmo um stick selfie não é suficientemente longo. A desvantagem de usar a câmera frontal para capturar selfies é que ela tem uma resolução menor e menos opções de controle. A solução é usar o temporizador automático incorporado do seu smartphone. Fixe sua câmera de modo a enquadrar a foto do seu grupo, configure e depois ative o temporizador. Normalmente, você pode optar por configurá-lo para 2, 5 ou 10 segundos, dando-lhe tempo suficiente para entrar na foto depois de pressionar o obturador.

Fonte: DigitalRev


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Livro - Fotografia de Bebês
Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como aprender mais fotografia…

Selected Title

Receba as novidades por e-mail