Curiosidades

O mistério do “astronauta de Solway” que apareceu em foto de menina

Livro de Fotografia Poses Perfeitas

Em um dia ensolarado no verão de 1964, o bombeiro britânico Jim Templeton passeava com sua filha Elizabeth em Cúmbria, no noroeste da Inglaterra, quando decidiu tirar um retrato. Porém, após revelar o registro, ele foi surpreendido por uma misteriosa figura atrás da menina na imagem.

Templeton levou a fotografia à polícia, onde disseram que não havia nada fora do normal. A Kodak disse o mesmo e inclusive ofereceu uma recompensa a qualquer um que pudesse provar que a foto havia sido falsificada. Ninguém nunca recebeu o prêmio.

A foto chamou a atenção do jornal local, The Cumberland News, e logo foi publicada nos jornais Daily Mail e Express, espalhando-se pelo mundo. A imagem veio em um momento em que o interesse público sobre esses temas estava em alta por causa da corrida espacial entre os Estados Unidos e a União Soviética.

“Algumas pessoas afirmavam que era um espírito, outras acreditavam que Jim ou sua filha tinham poderes psíquicos desconhecidos. Tudo ficou cada vez mais estranho”, disse à BBC, David Clarke, autor de “Os arquivos OVNI: a história por trás dos avistamentos da vida real”.

Para os ufólogos, estava claro que Templeton havia fotografado um astronauta. Mas, além de sua mulher, Annie, e dois aposentados que estavam sentados em um carro, ele disse não ter visto mais ninguém naquele dia em Burgh Marsh, com vista para o estuário de Solway.

O mais estranho, no entanto, talvez tenha sido a coincidência com o lançamento de um míssil Blue Streak que estava planejado para acontecer em Woomera, no sul da Austrália. Poucos dias depois que Templeton fez sua foto, ele foi abortado após técnicos informarem ter visto dois homens no campo de testes.

Ao verem a foto na capa de um jornal, técnicos ficaram surpresos ao constatarem que era a mesma figura que haviam avistado próximo ao míssil. A trama se complicou ainda mais, porque o Blue Streak havia sido fabricado na RAD Spadeadam, em Cúmbria, a poucos quilômetros de onde Templeton fotografou Elizabeth.

Quando a história ficou famosa, também foi dito que óvnis haviam sido avistados na cidade australiana de Woomera. Para Clarke, que tem um doutorado em folclore, histórias como a do astronauta de Solway seguem uma tradição bastante comum, que alimenta crenças da época.

“Desde a invenção da fotografia, há imagens de anjos, fadas e espíritos. Muitas foram [explicadas por] flashes de luz nas lentes ou foram manipuladas, mas se alimentaram do espiritualismo no século 19. Se Jim tivesse feito a foto em 1864 em vez de em 1964, teriam dito que se tratava de um fantasma”


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia e pós-graduando em Jornalismo Digital. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Livro Poses Perfeitas

Receba as novidades por e-mail












error: Content is protected !!