Curiosidades

Foto de tempestade de raios tem 5.4GP

“The Hand of Zeus” de Dan Piech
Como montar a pose perfeita

Imagens em gigapixels e fotografias de relâmpagos geralmente são criadas de duas maneiras muito diferentes. Uma exige um mosaico de fotos costuradas e a outra é uma tomada em grande angular no momento de um raio. É isso que faz a imagem The Hand of Zeus, do fotógrafo Dan Piech, tão incrível: trata-se de uma foto com 5.4 gigapixels registrando uma tempestade de raios no céu de Nova York.

Piech estava fotografando durante uma tempestade no dia 25 de julho de 2016, quando um enorme relâmpago iluminou o céu. Felizmente, sua Canon 5DS e a lente 24mm foram configuradas para capturar o momento com exposições contínuas de 10 segundos. Depois que a foto foi compartilhada no Reddit, ela atraiu mais de 100.000 votos e tornou-se a 5ª postagem mais votada em todo o Reddit.

A imagem original era uma foto de apenas uma exposição, com 40 megapixels, mas depois que se tornou viral, Piech decidiu levá-la ao próximo nível convertendo-a em uma foto de resolução gigapixel. E em vez de tentar usar algum software ou algoritmo extravagante para falsificar a resolução, ele investiu centenas de horas ao longo de um ano transformando a imagem de 40 megapixels em 5.4 gigapixels.

Piech usou sua foto original como um guia para recriar e costurar sua nova foto. Ele então observou o céu por semanas para estudar como a mesma cena seria iluminada no final da tarde em comparação com a foto original – o objetivo era encontrar condições de iluminação que correspondessem.

Ele finalmente encontrou a iluminação certa, quando outra tempestade começou a acontecer em Nova York. Piech correu para o mesmo local e instalou sua câmera. Porém, em vez de usar uma lente grande angular de 24mm, montou uma super-tele de 400mm. Ele passou 15 minutos expondo 111 fotos da cena em pequenos pedaços: essas fotos ampliadas cobriram a mesma cena que a foto original com um nível muito alto de detalhes.

De volta ao seu computador, Piech então trabalhou para editar as novas fotos para que elas parecessem idênticas à foto original – diferentes partes da cena tiveram que ser editadas separadamente. Uma vez que ele juntou as 111 fotos, obteve uma nova foto da mesma cena, porém, 136 vezes maior – a resolução é equivalente a 2.628 televisores HD.

O problema foi trazer elementos originais de volta à cena: Piech teve que aprimorar o céu, o rio e o relâmpago 13,600% da imagem original e misturá-los na nova cena gigapixel. Esta etapa exigiu algumas tecnologias avançadas de processamento de imagem, incluindo um poderoso filtro de redução de ruído. Ele também precisou desenhar o raio e adicionar um halo em torno dele para imitar o original.

“Neste ponto, a foto ainda não tinha a aparência da original porque o sombreamento nos prédios não tinha exatamente as mesmas características”, diz Piech. “Então eu comecei o processo meticuloso de ajustar a luminância de todas as sombras, por menor que fosse, em cada edifício”.

Após muitos dias e mais de 200 horas de edição meticulosa, os elementos principais foram recriados em um arquivo de imagem em camadas com mais de 100 gigabytes. E a nova foto parecia praticamente idêntica à original, exceto que tinha 13,523% mais de resolução. Com 89.889 pixels de resolução horizontal e 60.617 pixels de resolução vertical, Piech afirma que a nova foto pode ser impressa com mais de 15 metros de largura e ainda permanecer extremamente nítida.

Piech escreveu um detalhado passo a passo de seu processo de conversão ascendente na VAST, uma cooperativa que ele fundou com outros fotógrafos para oferecer fotos de fine art com resolução gigapixel.

Fonte: PetaPixel


Assine nossa newsletter e fique informado :)

Livro - Fotografia de Bebês
Cid Costa Neto

Cid Costa Neto

Cid Costa Neto é redator do iPhoto Channel. Natural de Belo Horizonte, é bacharel em Artes Plásticas com habilitação em Fotografia. Atua como Fotógrafo, Professor e Programador Visual.

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as novidades por e-mail