Criatividade

Daniel Fama clica atores em ensaio fotográfico de fetiche e terror

Foto: Daniel Fama
Fotografia de gestantes em estúdio

Autor de instigantes ensaios autorais envolvendo performance, o artista plástico cearense Daniel Fama têm recorrido à Cia. Fábrica de Teatro para dar forma aos seus delírios criativos. Essa parceria está no cerne de mais um trabalho do fotógrafo, o ensaio Resquícios, que teve como inspiração o Setor de Diversões Sul de Brasília.

Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama

Popularmente conhecido como Conic, o complexo localizado no centro da Capital Federal reúne de tudo: de lojas de skate a igrejas evangélicas, passando por bares e pelo Teatro e Faculdade de Artes Dulcina de Moraes. Abrigo também de coletivos de arte, o endereço está em constante transformação.

Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama

Para representar esse espaço mutante, Daniel escolheu os corredores do Teatro Dulcina, onde fotografou os atores da companhia teatral em um clima esfumaçado e sombrio, numa mistura de ensaio fetichista com filme de terror. O artista contou com a produção dos maquiadores Hugo Amorim e Josuel Junior, que não economizaram na argila para caracterizar as personagens.

Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama

Formado pela Universidade de Brasília (UnB) e professor da secretaria de educação do Distrito Federal, Daniel trabalha com fotografia há vinte anos. Seguindo uma estética “antifashion”, o artista produziu em 2014 [Nu] Objeto, primeira exposição em parceria com a Fábrica de Teatro.

Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama

O ensaio mostra os modelos nus, “vestindo” um objeto no lugar de seus órgãos sexuais. Depois vieram Que gosto tem seu beijo?, ensaio dirigido por Tássia Aguiar no qual modelos provaram os “sabores” de desconhecidos, e Boa Sorte: um ensaio, que, juntamente com o Projeto Boa Sorte, reuniu modelos soropositivos e soronegativos para falar do respeito a quem vive ou convive com o HIV.

Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama

Daniel Fama tem privilegiado a internet (veja o Facebook e Site) na divulgação do seu trabalho. “Quantitativamente, a rede tem nos dado a possibilidade de alcançar mais pessoas, expandindo o campo de fruição artística e dialogando com outros públicos”, diz Josuel Junior, que também é ator e assessor de imprensa da Fábrica de Teatro. Segundo calcula, mais de 2 milhões de pessoas já viram os ensaios na web. Mesmo assim, a exemplo de [Nu] Objeto, exposta na Dulcina de Moraes em 2014, os demais ensaios devem ganhar espaço em galerias de Brasília.

Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Foto: Daniel Fama
Livro - Fotografia de Bebês
Alcides Mafra

Alcides Mafra

Jornalista e colaborador do iPhoto Channel ([email protected])

Adicione um comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como aprender mais fotografia…

Selected Title

Receba as novidades por e-mail